Assassinado comerciante português em Maracaibo

Assassinado comerciante português em Maracaibo

0 1355

Armandino Alves Vargas foi encontrado sem vida dentro da sua carrinha, ao que tudo indica na sequência de uma tentativa de rapto

O comerciante português Armandino Alves Vargas, de 52 anos, proprietário de duas grandes padarias situadas na cidade de Maracaibo, Estado de Zulia, foi assassinado na tarde da passada sexta-feira, 13 de Fevereiro. O empresário foi tirado à força por três delinquentes do interior da sua padaria Don Pepe, situada em La Rotaria, ao que tudo indica com o propósito de o raptar. Mas poucos minutos depois foi abandonado sem vida na rua 81 com a avenida 80E, de Los Modines, a noroeste da capital zuliana.

Homicidio-Don-Pepe-38Os três criminosos, fortemente armados, entraram na padaria e submeteram o comerciante, após uma troca de tiros com um guarda-costas. O português foi depois levado, com ferimentos, para a sua carrinha Silverado, placa A61ALG2, onde veio mais tarde a ser encontrado.

Algum tempo depois, dois dos delinquentes foram interceptados pela polícia na estrada para La Concepción. Um deles foi ferido no local e veio a falecer antes de dar entrada no CDI Plateja I, em La Musical, enquanto que o outro foi detido.

Armandino Alves também era dono da concorrida padaria La Conga de Oro, situada na urbanização Rafael Urdaneta do sector Sabaneta. Há cinco anos, mais precisamente a 25 de Agosto de 2009, foi sequestrado neste estabelecimento, mas três dias depois, elementos do Gaes resgataram-no no sector Los Negritos, do município Mara.

NO COMMENTS

Leave a Reply