Histórias de vida

0 375

Saiu da Madeira para escapar à guerra e foi para Punto Fijo, onde tentou aprender diferentes ofícios, até que se fixou nas ‘piñatas’

Arlindo Abreu e os filhos partilham o negócio das ‘piñatas’

A 29 de Novembro de 1947, nascia na Ribeira Brava, Madeira, Arlindo Abreu Faria, que anos mais tarde partiria da sua amada terra para um lugar onde o destino o levaria a criar raízes com uma conterrânea.

0 291

Depois de 18 anos na Venezuela, voltou a pisar solo lusitano, onde esteve apenas oito meses, porque decidiu voltar ao país que considera ser a sua segunda pátria.

Shary do Patrocinio
shary.correio@gmail.com
Ao mesmo tempo que despacha os clientes que chegam ao supermercado, Feliciano Pereira, de 62 anos de idade, recorda a sua chegada à Venezuela há 47 anos.

0 269

Natural de Santa Luzia, Funchal, este madeirense guarda muitas recordações da sua vida.

O ano de 1957 ficou gravado nos anais da história como o momento da fundação da Comunidade Económica Europeia e da Comunidade Europeia da Energia Atómica, organismos internacionais que encheriam os habitantes do velho continente de esperança no desenvolvimento.

0 272

Um homem multifacetado que levou a cabo diferentes iniciativas em benefício da comunidade lusitana.

Nascido a 8 de Maio de 1938 em Cascais, distrito de Lisboa, Rui Urbano teve que lidar, nos seus primeiros anos de vida, com a ditadura portuguesa. Depois de ir para a guerra em Angola, este português regressou à sua terra natal em 1975, local onde ingressaria no mundo da radiodifusão.

0 236

Um homem que nunca perdeu a fé.

Os verdadeiros heróis não estão nos filmes nem nos livros de ficção, mas sim nas ruas das cidades e entre as pessoas das povoações, ajudando os demais, construindo um futuro e procurando um novo amanhecer.