Histórias de vida

0 1675

Chegou à Venezuela para reencontrar-se com o marido, e transformou a sua casa num templo de oração para a Virgem de Fátima

Natural da Madeira, chegou à Venezuela a 2 de Fevereiro de 1955, no navio Santa Maria. Madalena Mendes de Lira, conhecida hoje em dia pela sua alegria e boa disposição e como a ‘avozinha’ de Monterrey, uma populosa zona do Este de Caracas.

0 941

O amor pela sua família e pelos mais necessitados distinguiu-o das restantes pessoas. A sua última vontade foi que se desse continuidade à verbena em benefício do Geriátrico Padre Pio

A Madre Teresa de Calcutá dizia que ‘Aquele que não vive para servir, não serve para viver’, uma afirmação que reflecte a vida de Jorge Oliveira de Sousa, um madeirense que entregou grande parte da sua existência ao serviço dos mais necessitados, tornando-se no promotor de uma verbena em benefício do Geriátrico Padre Pio, que acontece desde há alguns anos no Centro Português.

0 627

José Tavares combina as suas múltiplas actividades em Punto Fijo com o seu amor pela família, e não descarta a possibilidade de regressar ao seu querido Portugal

Na região noroeste da Venezuela estão muitos portugueses dispersos, cujas características foram variando tanto, que são confundidos com facilidade com qualquer venezuelano. Atento, bem-disposto, conversador e sempre com uma piada na ponta da língua, vemos José Maria Tavares de Matos andar de cá para lá em Punto Fijo, Estado de Falcón.