Perfil

0 615

Um luso-descendente teve uma exposição de fotografia patente na escola de Roberto Mata

Os portugueses na Venezuela são conhecidos serem comerciantes em distintos ramos de actividade, como restaurantes, padarias, sapatarias ou peixarias. Muitos dos seus descendentes acabaram por ser profissionais em muitas destas áreas.

0 956

Barbosa venceu, como treinador, a Valência Cup com o Real Esppor

O futebol venezuelano tem crescido paulatinamente nos últimos anos, tanto em termos de estrutura futebolística, como no capítulo técnico-táctico. Esta evolução deve-se ao trabalho de jogadores, dirigentes e, obviamente, treinadores. E neste último sector os luso-descendentes têm sido parte importante. António Barbosa, que actualmente é o treinador das camadas jovens do Estudiantes de Caracas é um exemplo desse trabalho.

0 747

Trabalha na Directv Sports, Deportes Unión Radio e é assessor de comunicação do Atlético Venezuela.

Carlos Domingues é uma as caras mais reconhecidas do jornalismo desportivo, especificamente no futebol. O pai chamava-se Albino Domingues e nasceu em Matosinhos, Porto. A mãe é Maria Eudosia Pernía de Domingues, e é oriunda de Santa Ana del Táchira.

0 933

Apresentadora é filha de madeirenses, mais especificamente do Campanário, ilha da Madeira

De segunda a sexta-feira, na Globovisión, logo ao amanhecer, uma lusa-descendente apresenta o programa ‘Primera Página’: Carolina Pereira, nascida a 12 de Janeiro de 1982, e filha de portugueses naturais da freguesia do Campanário, Ilha da de Madeira. Também é docente na Universidade Central da Venezuela e na Universidade Católica Santa Rosa (Ucsar).

0 412

Jogador natural de Caracas pertence à equipa dos sub-19 do Club Sport Marítimo, Madeira

Robert Correia é um dos muitos futebolistas venezuelanos que optaram por tentar a sorte em clubes estrangeiros. Nascido em Caracas, a 30 de Janeiro de 1996, este jovem de 18 anos integra a equipa de sub-19 do Club Sport Marítimo, da Ilha da Madeira, como trinco e defesa central.

0 534

Magnalis Tavares, directora da Maggs Producciones, licenciou-se em Comunicação Social pela UCAB em 2005

Magnalis é uma apaixonada pelo futebol

Magnalis Tavares fez do futebol uma forma de vida a através do periodismo. Aos 26 anos de idade, já esteve em diversos órgãos de comunicação, entre eles do CORREIO da Venezuela. Actualmente, é directora da Maggs Producciones, uma agência de assessoria e imagem para desportistas, e faz parte do staff de Triangulo Deportivo.