Soltas

0 500

A empresa Smartmatic anunciou o encerramento dos seus escritórios na Venezuela, por não poder validar os resultados das eleições no país. “Após 15 anos de serviço e 14 eleições assistidas, fornecendo um sistema de votação seguro e auditável, a Smartmatic fechou seus escritórios e cessou as suas operações na Venezuela”, explica um comunicado da empresa.