Venezuela

0 55

Portugal defende que “é preciso relançar o processo político” na Venezuela para que seja possível superar a atual crise económica e social e rejeita uma solução militar, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Em declarações à margem da 26.ª Cimeira Ibero-Americana, em Antigua, na Guatemala, onde não é esperada a presença do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, Augusto Santos Silva disse compreender essa possível ausência e referiu que a Portugal não têm faltado “ocasiões de contacto cara a cara” com os interlocutores venezuelanos.