‘Estelar’ já liga Caracas a Lisboa

‘Estelar’ já liga Caracas a Lisboa

0 144

A companhia aérea venezuelana Aerolíneas Estelar Latinoamérica iniciou na passada quinta-feira, dia 8 de agosto, uma nova rota entre Caracas e Lisboa. Neste mês realizar-se-ão duas frequências e a partir de setembro os voos terão periodicidade semanal. Em outubro, os voos da Estelar para Portugal terão uma escala na ilha da Madeira: será Caracas-Funchal direto e depois segue para Lisboa, com o retorno Lisboa-Funchal-Caracas. Entretanto, a companhia já abriu um escritório na cidade do Funchal no Marina Shopping.

“Começamos primeiro por Lisboa tem uma explicação”, explica Boris Serrano, presidente da ‘Estelar’. “O Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo é um dos aeroportos mais difíceis do mundo. Está entre os 10 mais complicados do mundo, por causa dos ventos, e por isso os tripulantes necessitam de um treino especial.”

O voo ES 8591, que aterrou no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa às 01h11 da passada sexta-feira, dia 9 de agosto, descolou do Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Maiquetía, no Estado Vargas, a cerca de 40 quilómetros da capital venezuelana, pelas 12h48 locais (17h48 em Portugal/16h48 UTC), e foi realizado por um avião Airbus A340-300 da companhia Hi Fly Malta, uma aeronave com capacidade para 267 passageiros. A bordo, a assistência aos passageiros foi prestada por uma equipa mista de tripulantes portugueses do Grupo Hi Fly, de raiz lusitana, e venezuelanos da Estelar. “Teremos um bom serviço com Primeira Classe, Classe Executiva e Classe Económica.” Respetivamente com 12, 42 e 213 lugares.

A Estelar não tem aviões de longo curso na sua frota. Todos os voos que realiza, à partida de Caracas, para Madrid (Espanha), Roma (Itália) e Buenos Aires (Argentina), são feitos com recurso a aeronaves alugados ao grupo português Hi Fly. Recorde-se que desde 14 de julho, o Airbus A380 da companhia portuguesa de aluguer de aeronaves, se encontra ao serviço da Estelar.

A entrada da ‘Estelar’ na rota para Portugal terá um grande impacto ao nível das tarifas, já que a companhia Venezuelana já anunciou preços ida-e-volta na ordem dos 720 euros para a Classe Económica e 2.240 euros na Primeira Classe. A TAP, que liga Caracas à terça e ao sábado, vem praticando tarifas mil euros mais caras. Nas classes executivas a diferença é ainda maior.

A ‘Aerolíneas Estelar’ avança para Portugal também com um serviço de carga aérea, pelo que será implementado um serviço de apoio no Funchal e em Lisboa com essa finalidade. Um serviço que abre também boas perspectivas para outros interessados, muito para além dos passageiros que viajam entre Venezuela e Portugal.

 

NO COMMENTS

Leave a Reply