Faleceu João Câncio de Sousa Macedo

Faleceu João Câncio de Sousa Macedo

0 989

O último dos fundadores da maior cadeia de supermercados do país, a Central Madeirense

Faleceu na manhã de 28 de Agosto, em Caracas, João Câncio de Sousa Macedo, o último dos seis fundadores da cadeia de supermercados Central Madeirense, um dos maiores e mais prósperos negócios nascidos na Venezuela, fruto da emigração portuguesa da década de 50 do século passado.

João Câncio, natural da Ribeira Brava, juntou-se no negócio aos seus irmãos Manuel e Agostinho de Sousa Macedo, Manuel Mendes de Sousa, Manuel da Corte Abreu e José Quintino de Abreu.

Chegou à Venezuela de barco, com uma mala cheia de vontade de trabalhar para superar-se e conseguir o que na sua terra não conseguia, como muitos outros portugueses que adoptaram esta terra como sua.

Durante os primeiros anos em Caracas, os proeminentes empresários trabalharam em diferentes ofícios, até que começaram com os pequenos supermercados conhecidos comercialmente como Sociedad Mercantil Macedo, Da Corte & Co, ou como as bodegas Macedo da Corte, como são recordadas.

Foi a 11 de Novembro de 1949 que este grupo mudou a sua denominação para Central Madeirense C.A., numa época que marcou o início da maior cadeia comercial do país, cujo slogan foi “Viva melhor por menos”, e que tinha a sede na avenida San Martín.

A empresa consolidou-se como a maior cadeia de supermercados do país, acumulando actualmente 52 sucursais em diferentes formatos.

Javier Macedo, único filho do sexo masculino de João Câncio, é o actual presidente da empresa, que gera mais de dez mil empregos directos.

NO COMMENTS

Leave a Reply