FC Porto e Sporting mantém perseguição ao líder Benfica

FC Porto e Sporting mantém perseguição ao líder Benfica

0 539

As diferenças relativas mantêm-se na frente, com o Benfica na frente, o FC Porto a seis pontos e o Sporting a sete

CORREIO/LUSA

FC Porto e Sporting continuam na perseguição ao Benfica, tendo respondido ao sucesso das ‘águias’, igualmente com vitórias, na 19.ª jornada da Primeira Liga.

No domingo, 1 de Fevereiro, o Sporting começou a perder em Arouca, mas acabou por chegar ao 3-1, enquanto que, no Dragão, o FC Porto goleou o Paços de Ferreira, por 5-0 – com estes resultados, as diferenças relativas mantêm-se na frente, com o Benfica na frente, o FC Porto a seis pontos e o Sporting a sete.

No mesmo dia, a equipa ‘azul e branca’ demorou cerca de meia hora para derrubar a resistência contrária, tendo o colombiano Jackson Martinez, aos 29, anotado o primeiro da noite e passado para 15 na liderança da lista portuguesa de melhores marcadores.

Ricardo Quaresma, aos 40, de grande penalidade, e aos 44, Herrera, aos 46, e Cristian Tello, aos 83, anotaram os restantes tentos dos `dragões´, novamente a seis pontos do Benfica, enquanto que os pacenses permanecem oitavos, com 26 pontos.

A jogar em casa, o Arouca adiantou-se no marcador aos 24 minutos, através de David Simão, na conversão de uma grande penalidade, mas os `leões´ reagiram e igualaram ainda antes do intervalo, com um tento de Fredy Montero. Carrillo, aos 62, e Tobias Figueiredo, aos 77, fizeram a reviravolta.

No sábado, o Benfica cumpriu o que lhe competia e bateu o Boavista por 3-0, na receção aos `axadrezados´, no último jogo antes do derbi em Alvalade. A uma semana do jogo em casa dos `leões, o campeão nacional regressou com naturalidade às vitórias, após o desaire em Paços de Ferreira.

Na Luz, três golos sul-americanos derrotaram o Boavista, que há sete anos não jogava para o campeonato em casa do Benfica. Lima (23 minutos), Maxi Pereira (33) e Jonas (55), este de grande penalidade, marcaram a um adversário, que, depois de ter ‘arrancado’ um empate no Dragão, não teve qualquer hipótese de discutir o encontro.

Na luta minhota pelo quarto lugar, o Vitória de Guimarães perdeu terreno, sábado também, já que não foi além de um empate em Penafiel, um dia depois de o Sporting de Braga se ter aproximado do rival, ao ganhar ao Moreirense, por 1-0.

A equipa penafidelense adiantou-se no marcador aos 18 minutos, através de João Martins, mas permitiu a igualdade na etapa complementar, quando André André, segundo melhor marcador do campeonato – agora isolado, com 10 golos -, converteu uma grande penalidade, aos 73.

O Vitória tem agora 36 pontos, contra 34 do Sporting de Braga. O sexto lugar, com 27 pontos, passou a ser do Rio Ave, ainda que com os mesmos pontos do Belenenses.

A equipa do Restelo foi derrotada pelo Nacional na Madeira, 2-1, e viu o Rio Ave, que bateu o Estoril pelos mesmos números, passar para a frente da classificação, na luta por um lugar que ainda pode valer a Liga Europa.

Na sexta-feira, o Sporting de Braga, com um golo solitário de Pedro Santos (74), aproximara-se do quarto lugar e promete não dar tréguas na perseguição aos vimarenenses.

O `lanterna-vermelha´ Gil Vicente empatou 1-1 na recepção ao Vitória de Setúbal, o mesmo resultado com que terminou o Académica-Marítimo.

Jorge Sousa arbitra quarto dérbi lisboeta

O árbitro portuense Jorge Sousa vai dirigir no domingo pela quarta vez o dérbi lisboeta entre os rivais Sporting e Benfica, que apresenta um saldo ligeiramente favorável aos ‘encarnados’, que venceram dois jogos e perderam um.

Jorge Sousa arbitraO embate da 12.ª jornada do campeonato de 2006/07 foi o primeiro que Jorge Sousa arbitrou entre as duas equipas, com vantagem para o Benfica, que se impôs por 2-0 no Estádio José Alvalade, palco do encontro do próximo 8 de Fevereiro.

Na temporada seguinte, o juiz portuense voltou a dirigir o dérbi lisboeta, referente às meias-finais da Taça de Portugal, que o Sporting venceu por 5-3, mas o mais recente embate, para as meias-finais da Taça da Liga de 2010/2011, voltou a traduzir-se num triunfo benfiquista, por 2-1.

Esta época, Jorge Sousa arbitrou apenas uma vez as ‘águias’, no Estádio do Dragão, frente ao FC Porto, num jogo da 13.ª jornada que o Benfica ganhou por 2-0 e que lhe permitiu distanciar-se na liderança na prova.

O Sporting já foi arbitrado por duas vezes pelo árbitro portuense: vitória por 3-1 no Estádio do FC Porto, em encontro referente à terceira eliminatória da Taça de Portugal, e no recinto do Boavista, na 12.ª jornada da I Liga, onde se impôs pelo mesmo resultado.

Jorge Sousa dirigiu mais vezes – quatro – o ‘clássico’ entre Benfica e FC Porto, que regista um saldo de uma vitória para cada lado e dois empates, e apenas dois embates entre os ‘dragões’ e os ‘leões’, que terminaram com um triunfo portista e uma igualdade.

O dérbi lisboeta entre o Benfica, líder do campeonato, com 49 pontos, e o Sporting, terceiro, com menos sete, da 20.ª jornada da I Liga, está marcado para domingo, 8 de Fevereiro, com início às 20:00 horas, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

NO COMMENTS

Leave a Reply