Guillermo Martínez na vanguarda com próteses em impressoras 3D

Guillermo Martínez na vanguarda com próteses em impressoras 3D

0 342

Oscar Sayago/Com informação de El Mundo

Guillermo Martínez é um dos pioneiros na produção de próteses em impressoras 3D. Este jovem de Madrid, de 23 anos, criou duas impressoras, uma que tece um fio de plástico branco e outra um fio preto que molda as partes de uma prótese de braço. Este jovem empreendedor supervisiona o seu ateliê através do seu telemóvel. «Se alguma coisa correr mal, desligo as máquinas com o meu telemóvel. Se tudo correr bem, quando eu volto, às seis, eu tenho em casa uma palma da mão ou alguns dedos», explicou.

O objetivo deste jovem é distribuir a prótese gratuitamente às pessoas que mais precisam e, para tal, criou o conceito “Ayúdame 3D “. Depois de ter doado cinco próteses no Quénia e ter visto que estas eram funcionais, iniciou um processo de crowdfunding que suspendeu em janeiro. Até agora, obteve cerca de 4.000 euros e tem aproximadamente 20 pedidos.

Atualmente, existem várias organizações que oferecem próteses ao nível mundial. Existe a E-Nable, uma ONG internacional nascida nos Estados Unidos, que forneceu mais de 1.500 mãos artificiais a pessoas necessitadas em todo o mundo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que existem pelo menos 100 milhões de pessoas no mundo que precisam de uma prótese e prevê que esse número aumentará nos próximos anos com o aumento das pessoas mais velhas na Terra.

SIMILAR ARTICLES

0 6

0 25

NO COMMENTS

Leave a Reply