João Sousa falha ATP de Sofia e termina “a mais difícil temporada da carreira”

0
44

O tenista português João Sousa, a contas com uma tendinite no braço direito, revelou ter desistido de disputar o ATP 250 de Sofia, dando assim por terminada “provavelmente a mais difícil temporada da carreira”.

“Infelizmente devido à minha lesão no antebraço não vou disputar o torneio em Sofia, que era o último torneio do meu calendário para este ano. Não consegui recuperar a tempo, optámos por dar por finalizada esta temporada de 2020. Uma temporada atribulada para mim, difícil, provavelmente a temporada mais difícil da minha carreira devido a algumas lesões”, começou por anunciar o vimaranense.

Depois de encerrar precocemente a época anterior em outubro 2019 com uma fratura de esforço no pé esquerdo, o número um português e 88.º colocado do ‘ranking’ ATP, a sua pior classificação mundial desde setembro de 2013, não conseguiu recuperar a 100% por cento e este ano viveu, como descreve, “um ano atribulado em todos os aspetos, com a covid-19 e as lesões.”

“A lesão do pé foi uma lesão que me impossibilitou de estar a 100% durante todo o ano e, por isso, acabámos por optar por terminar esta temporada, descansar e preparar da melhor maneira a próxima época. Vou agora 15 dias de férias e depois vou preparar a temporada de 2021. Devido à lesão, no ano passado, não consegui fazer uma boa pré-temporada de preparação para este ano”, reconheceu o minhoto.

Apesar de ainda não ter recuperado da mazela no antebraço direito, contraída no ATP 250 de Antuérpia, João Sousa mostra-se confiante para a próxima época e defende que “as coisas acontecem por alguma razão.»

“Tentamos tirar as ilações positivas de tudo isto e continuar na luta e a trabalhar, porque esse é o caminho. Espero em 2021 estar a 100%, saudável, para voltar a competir bem e a tentar vencer encontros, que é aquilo que eu quero e é o que mais gosto a jogar ténis”, concluiu.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here