Maduro garante que vai cumprir obrigações internacionais apesar da crise

Maduro garante que vai cumprir obrigações internacionais apesar da crise

0 111

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que vai cumprir com o pagamento dos seus compromissos internacionais, apesar da crise no país, afetado pelos baixos preços do petróleo, a sua principal fonte de receita pública.

“No ano passado, sob as piores circunstâncias, em que não entrava nem um dólar num país, pagámos pontualmente todos os nossos compromissos e tenho garantidos todos os recursos para pagar compromissos de 2017”, disse Nicolás Maduro, indicando ter inclusive recursos para pagar as obrigações do próximo ano, durante um encontro, em Caracas, com representantes do setor financeiro privado e público, em Caracas.

A Venezuela encontra-se mergulhada numa grave crise política, económica e social, a braços com falta de alimentos e medicamentos, bem como com uma inflação galopante que, de acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), deve atingir 720% no acumulado de 2017, com a sua economia fortemente penalizada pela queda dos preços do petróleo, principal fonte de receita pública.

Nicolás Maduro afirmou esperar “boas notícias” nos próximos meses com a entrada de receitas que irão permitir a Caracas ampliar o fluxo de caixa, donde foram retirados “64.000 milhões de dólares nos últimos 24 meses” em dívida externa.

O chefe de Estado venezuelano congratulou-se ainda com o “êxito” do arranque do sistema de leilões implementado pelo Governo para a gestão das divisas, sob seu monopólio há mais de uma década, aproveitando para instar os empresários a investir no sistema posto em marcha há duas semanas.

NO COMMENTS

Leave a Reply