Morreu o cantor Roberto Leal

Morreu o cantor Roberto Leal

0 73

Morreu o cantor Roberto Leal. A notícia foi avançada pelo antigo secretário de Estado das Comunidades e da Administração Local através das redes sociais.

“O nosso amigo, grande português no Brasil e no mundo, António Joaquim Fernandes, o grande Roberto Leal, acabou de falecer. A tristeza é enorme. Portugal e o Brasil estão de luto”, escreveu José Cesário no Facebook.

O cantor tinha 67 anos e lutava contra um cancro que lhe estava a ameaçar a visão.

Já o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas diz que “se trata de uma perda profunda para a comunidade portuguesa, para a que vive no Brasil e mais especificamente em São Paulo”, adiantando que Roberto Leal era um símbolo da simbiose entre a música tradicional e popular portuguesas e as várias manifestações culturais existentes no Brasil.

Em declarações à Lusa, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas recordou uma conversa que teve recentemente com o cantor, que lhe contou o seu percurso de vida.

Para José Luís Carneiro, a história de vida de Roberto Leal revela um homem determinado que viveu o preconceito quando chegou ao Brasil, tendo conseguido impor-se.

“Conseguiu afirmar-se pelo seu mérito e trabalho e ganhar respeito da comunidade brasileira e o respeito e admiração de muitos portugueses de diferentes gerações que estão atentos à sua criação cultural e artística”, disse.

José Luís Carneiro considera que Roberto Leal é um símbolo de uma geração de portugueses que saíram do país na década de 50 e 60, viveram muitas dificuldades e conseguiram vencer o preconceito tornando-se um exemplo em vários planos.

O secretário de Estado disse ainda ter apresentado as condolências do governo português à família do cantor, que considera ser “um símbolo para os que passaram as mesmas dificuldades e conseguiram vencer todos os obstáculos”.

O cantor Roberto Leal – nome artístico de António Joaquim Fernandes – emigrou para o Brasil aos onze anos, em 1962, juntamente com os pais e nove irmãos.

Em São Paulo, após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, iniciou a carreira de cantor.

NO COMMENTS

Leave a Reply