‘Navion Airlines’ vai ligar Venezuela a Europa, EUA e Cuba

‘Navion Airlines’ vai ligar Venezuela a Europa, EUA e Cuba

0 537

Companhia aérea vai iniciar operações a partir de meados de Novembro

A companhia vai operar um Boeing 767-300

Uma nova companhia aérea venezuelana, a ‘Navion Airlines’, anunciou, no passado 25 de Outubro, que vai iniciar operações a partir de meados de Novembro, prevendo ligar Caracas à Europa, Estados Unidos, Cuba, Equador e México.

Segundo o porta-voz da empresa, William Durán, a ‘Navion Airlines’ pretende contribuir para fazer face à redução, nos últimos meses, da frequência de voos e da oferta de lugares disponíveis pelas companhias aéreas internacionais.

William Durán disse que a companhia vai operar um Boeing 767-300, adquirido em leasing, com capacidade para 286 passageiros.

A ‘Navion Airlines’ conta com 50 empregados e iniciará operações com um voo entre Caracas e Madrid (Espanha), tendo já programados voos para Cancún (México), Quito (Equador), Havana (Cuba) e Ft. Lauderdale (EUA), em aliança com a também venezuelana Albatros Airlines.

Em 2003, a Venezuela adoptou um apertado sistema de controlo cambial que impede a livre obtenção de moeda estrangeira no país e desde então as companhias aéreas passaram a precisar de uma autorização específica para poderem repatriar as receitas das suas operações, correspondentes à venda de bilhetes de avião.

Desde 2012 que as companhias aéreas internacionais estão a ter dificuldades para conseguir as autorizações de repatriamento de capitais que, segundo a IATA, totaliza 3.500 milhões de dólares (2.770 milhões de euros).

A situação afecta a transportadora aérea portuguesa TAP e pelo menos outras 13 companhias internacionais.

As dificuldades para repatriar capitais levaram a ‘Air Canada’ a suspender os voos para Caracas, enquanto a ‘American Airlines’, a ‘United Airlines’ e a ‘Lufthansa’ reduziram significativamente as suas operações no país.

NO COMMENTS

Leave a Reply