Presidente da República quer ouvir partidos sobre eleições do próximo ano

Presidente da República quer ouvir partidos sobre eleições do próximo ano

0 20

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje que os encontros com os partidos, marcados para o início de dezembro, não são para discutir o orçamento, mas para ouvi-los sobre matérias como as eleições do próximo ano.

“Aquilo que eu quero falar com os partidos não é sobre o orçamento, mas é do ano que vem aí e dos próximos anos. Naturalmente quero ouvi-los sobre a data das eleições legislativas, quero ouvi-los sobre o ano que vamos viver, que é um ano importante”, explicou o chefe de Estado que falava à margem da cerimónia de entrega do Prémio Manuel António Mota, no Porto.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, para além das eleições legislativas e europeias, o próximo ano será também um ano marcado por transformações nas relações internacionais nomeadamente com a saída do Reino Unido da União Europeia, “se tudo correr bem”, e com o início de um novo ciclo de vida da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Questionado pelos jornalistas, o Presidente da República não quis, contudo, comentar, a troca de acusações entre os partidos sobre o Orçamento do Estado para 2019, defendendo que este não é o momento para se pronunciar.

“Nós estamos num momento muito especial, antes da votação na especialidade, portanto, vamos deixar votar na especialidade e esperar pela votação final do orçamento. Vou esperar que não demore muito tempo a redação final do orçamento e, por isso, mesmo marquei o habitual encontro com os partidos para bem depois deste processo orçamental”, referiu, sublinhando que o objetivo desta reunião com os partidos é discutir o futuro.

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, vai receber os sete partidos com assento parlamentar no Palácio de Belém nos dias 05 e 06 de dezembro.

Segundo uma nota publicada na sexta-feira no portal da Presidência da República na Internet, estes encontros realizam-se “no quadro dos contactos regulares com os partidos políticos com representação parlamentar”.

Marcelo Rebelo de Sousa fixou reuniões por ordem crescente de representação na Assembleia da República, recebendo PAN, PEV e PCP entre as 14:00 e as 16:00 de dia 05 de dezembro, e depois BE, CDS-PP, PS e PSD entre as 14:00 e as 17:00 de dia 06.

O atual Presidente da República tem recebido com frequência, várias vezes por ano, os partidos com assento parlamentar e em 2016 e 2017 promoveu audiências em outubro, em vésperas ou no decurso do debate orçamental.

O conjunto de encontros agora divulgado acontecerá na semana seguinte à votação final global do Orçamento do Estado para 2019, marcada para dia 29 de novembro, e é o terceiro deste ano, depois de reuniões com os partidos em Belém em fevereiro e em julho.

NO COMMENTS

Leave a Reply