“SCOUT” promove novo treino de captação para luso-descendentes

“SCOUT” promove novo treino de captação para luso-descendentes

0 184

Os treinos realizam-se em Lisboa nos dias 25 e 26 de Julho de 2020

A “SCOUT – Eventos Desportivos” irá realizar pela sétima vez em Lisboa treinos de captação de futebol exclusivamente para atletas luso-descendentes ou portugueses que jogam exclusivamente no estrangeiro, nascidos entre 2002 e 2011. Os treinos realizam-se em Lisboa, nos dias 25 e 26 de Julho de 2020. As inscrições são limitadas e serão aceites por ordem de chegada.

A empresa também promove, pela quarta vez,  treinos de captação para Atletas Seniores Sub-23 exclusivamente para atletas portugueses ou luso-descendentes, que actuem fora de Portugal, nascidos em 1998, 1999, 2000 e 2001. Nao menos importante será  o Scout – Eventos Desportivos Training Camps, que consiste numa semana de treinos específicos (entre 20 e 24 de Julho de 2020) onde os atletas poderão desenvolver as suas competências e preparar-se para os treinos de captação. A grande novidade vai ser o primeiro Girls Training Camp.

 “Muitos atletas luso-descendentes têm o sonho de poder actuar nos clubes grandes portugueses, mas a maior parte das vezes não chegam a ter sequer a possibilidade de mostrar o seu valor num único treino. Tal como o país, também os clubes de futebol portugueses estão a atravessar grandes dificuldades financeiras, havendo por isso cada vez mais clubes profissionais a apostar no Futebol Formação, dando oportunidades aos seus jovens talentos. É neste contexto que surge este treino, de modo a que os jovens luso-descendentes possam mostrar o seu valor a um grande número de observadores dos diversos clubes profissionais portugueses”, lê-se no convite feito pela empresa que actua na concepção e organização de eventos desportivos na área do futebol.

“Sabemos que muitos atletas tentam vir treinar a diversos clubes portugueses, mas que encontram sempre grandes dificuldades para que isso seja possível”, observa-se na nota de “SCOUT”, na qual se indica ainda que esta situação fica a dever-se a factores como a incapacidade financeira dos clubes profissionais de pequena e média dimensão para enviarem os seus observadores para o estrangeiro para observar os atletas in-loco; os clubes não conseguem responder a todas as solicitações de treino para atletas que não conhecem.

Deste modo, a “SCOUT” promove este treinos de captação durante um fim-de-semana com todos os atletas interessados em jogar nos clubes portugueses, podendo estes mostrar o seu valor em 2 treinos (um no sábado e outro no domingo). Apenas os atletas luso-descendentes ou portugueses que jogam exclusivamente no estrangeiro, ou seja, fora de Portugal se podem inscrever nos treinos de captação.

Todos os olheiros dos clubes profissionais portugueses (1ª e 2ª liga), serão convidados formalmente a assistir aos treinos de captação, o que possibilitará aos atletas mostrar a sua qualidade a um grande número de clubes em Portugal. Assim, os atletas terão depois a oportunidade de serem convidados para ir treinar à experiência a algum dos clubes presentes na observação dos treinos de captação, ou quem sabe mesmo, serem convidados para assinar por algum clube sem ter a necessidade de ir à treinar à experiência.

A “SCOUT” não irá negociar qualquer atleta, uma vez que não é intermediária, mas sim apenas um meio para a divulgação do talento dos atletas. Antes do evento se realizar, todos os clubes portugueses irão receber por e-mail todos os dados necessários dos atletas inscritos. Todos os contactos que possam acontecer após a realização dos treinos, serão realizados directamente pelos responsáveis dos clubes interessados com os próprios atletas, pais e/ou agentes, uma vez que os clubes terão acesso à informação de cada atleta.

Para obter toda a informação poderá consultar o site www.scout.com.pt

Editor - Jefe de Redacción / Periodista sferreira@correiodevenezuela.com Egresado de la Universidad Católica Andrés Bello como Licenciado en Comunicación Social, mención periodismo, con mención honorífica Cum Laude. Inició su formación profesional como redactor de las publicaciones digitales “Factum” y “Business & Management”, además de ser colaborador para la revista “Bowling al día” y el diario El Nacional. Forma parte del equipo del CORREIO da Venezuela desde el año 2009, desempeñándose como periodista, editor, jefe de redacción y coordinador general. El trabajo en nuestro medio lo ha alternado con cursos en Community Management, lo que le ha permitido llevar las cuentas de diferentes empresas. En el año 2012 debutó como diseñador de joyas con su marca Pistacho's Accesorios y un año más tarde creó la Fundación Manos de Esperanza, en pro de la lucha contra el cáncer infantil en Venezuela. En 2013 fungió como director de Comunicaciones del Premio Torbellino Flamenco. Actualmente, además de ser el Editor de nuestro medio y corresponsal del Diário de Notícias da Madeira, también funge como el encargado de las Comunicaciones Culturales de la Asociación Civil Centro Portugués.

NO COMMENTS

Leave a Reply