Sociedade de Beneficência das Damas Portuguesas

Sociedade de Beneficência das Damas Portuguesas

Uma das características mais relevantes da comunidade lusitana radicada em Venezuela é a sua solidariedade com uma grande variedade de causas sociais. A ‘ponta de lança’ destes movimentos foi Susana de Sampaio, embaixatriz lusitana em Venezuela, que fundou há 46 anos, em maio de 1969, a Sociedade de Beneficência das Damas Portuguesas. Desde então, têm surgido diferentes instituições e associações sem fins lucrativos que constantemente realizam jornadas de recolha de fundos a favor de causas beneficentes relacionadas com abrigos de terceira idade, pessoas indigentes e de fracos recursos e doentes infantis.

A Sociedade de Beneficência das Damas Portuguesas foi criada em maio de 1969 por Susana de Sampaio como uma organização sem fins lucrativos, destinada a apoiar aos cidadãos indefesos e que estão em situações difíceis ou afetados por doença. A Sociedade de Beneficência das Damas Portuguesas ajuda algumas instituições venezuelanas como Avepane, Crianças Hospital JM de Los Rios, ASOCIRPLA, Fundana, Fundação Padre Pio, entre outras. Anualmente, a instituição realiza quatro eventos de angariação de fundos.

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply