Talento venezuelano presente em clubes portugueses

Talento venezuelano presente em clubes portugueses

0 29

Vários jogadores crioulos destacam-se todas as semanas no desporto-rei de Portugal

Oscar Sayago

A lista de venezuelanos que estão a ir para outros clubes está a aumentar todos os dias: diferentes promessas do futebol crioulo continuam a representar o seu país no exterior. Portugal não é exceção porque vários profissionais do desporto-rei exibem orgulhosamente as suas raízes em clubes portugueses, destacando o talento desportivo que existe no país sul-americano.

A influência portuguesa na Venezuela não tem limites, tendo desde 1955 mais de 72 jogos que foram disputados por grupos de portugueses no país. Embora hoje o número de jogadores venezuelanos que jogam nos clubes lusos tenha diminuído, ainda existem alguns jogadores que jogam em clubes portugueses.

Overath Breitner da Silva Medina

Mais conhecido pelos seus companheiros de equipa como Breitner, é um futebolista crioulo, também com nacionalidade brasileira, que atualmente joga no Clube de Futebol União, da primeira liga. Ele é um meio-campista e é filho do ex-jogador, treinador e parte dos fundadores do Monagas Sport Club.

O Clube de Futebol Uñiao, fundado a 1 de novembro de 1913 na Madeira, é uma das equipas mais antigas de Portugal, para além de ser uma das equipas-membro e fundadora da Associação de Futebol da Madeira. Jogou na Primeira Liga em mais de cinco temporadas até ao momento: o último foi de 1994/1995 até retornar à categoria superior para a temporada 2015/16.

A 26 de maio de 2015, Breitner da Silva assinou pelo clube, permanecendo na máxima categoria do futebol de Portugal. Breitner jogou noutros clubes como Santos, Figueirense, Criciúma, Náutico, Araxá, Piracicaba no Brasil e, na Venezuela, jogou com Mineros de Guayana.

Víctor Hugo García Hernández

Futebolista venezuelano que joga no Vitória de Guimarães da primeira Liga Portuguesa. García estreou-se no Real Esppor Club a 29 de agosto de 2010 contra o Atlético El Vigía Fútbol Club, tornando-se no primeiro menor de idade juvenil na Primeira.

Em janeiro de 2013, assinou um contrato com o FC Porto por três anos e viaja para Portugal no dia 20 de janeiro do mesmo ano. Teve seu primeiro jogo com a equipa a 13 de abril de 2014, obtendo uma vitória por 1-3 sobre o Sporting Clube de Braga.

Em agosto de 2016, é cedido ao Clube Desportivo Nacional pelo Futebol Clube do Porto. Atualmente está no Vitória de Guimarães, jogando como defesa, embora ainda não tenha tido seu primeiro jogo.

Homero Ernesto Calderón Gazui

Conhecido como Homero Calderón, jogador venezuelano profissional que joga no meio-campo. Nascido em Valencia, começou sua carreira no Atlético de Venezuela, onde fez 26 aparições em 2014 e 2016. Em maio de 2014 assinou com o clube Doxa FC. Atualmente, joga no FC Vizela onde jogou mais de 16 jogos.

O FC Vizela foi fundado na década de 1930 e é uma equipa de futebol de terceira categoria de futebol em Portugal. Ganharam o seu primeiro título em 1966 depois de vencer o Tramagal SU (5-3) para a Copa do Campeonato Nacional. E em 1984 recebeu a promoção para a Primeira Liga pela primeira vez na sua história, embora a equipa só tenha mantido essa posição durante uma temporada.

Carlos Manuel Gouveia Gonçalves

Conhecido pelos seus companheiros de equipa como Carlos Manuel, joga como defesa e a sua equipa atual é o União da Madeira, da Primeira Liga em Portugal.

Ao longo de sua carreira, jogou em diferentes equipas de futebol. Entre 2004 e 2005, jogou no Clube Desportivo Nacional, onde se formaram importantes jogadores como Cristiano Ronaldo e Rúben Micael. Então, de 2005 até 2010, esteve na AD Camacha. E desde 2010 até hoje, jogam no Clube de Futebol União.

Jhonder Leonel Cádiz Fernández

Joga como avançado no Moirense da Primeira Divisão Portuguesa. Começou a sua carreira no desportivo de Petare, passando pelas categorias sub-17 e sub-20. E começou em 2013 para jogar oficialmente com o Caracas Fútbol Club, fazendo parte da filial da equipa Caracas Fútbol Club “B”.

Depois, Jhonder passou por diferentes clubes portugueses. Vai para uma temporada para jogar com o União da Madeira, onde faz o seu primeiro jogo na temporada 2015/2016.

Quando termina a mudança com o União da Madeira, é transferido para o C. D. Nacional da primeira divisão de Portugal e, dessa forma, joga na temporada atual. Continua a sua carreira ao assinar um contrato de três anos que o compromete à liga e ao futebol europeu. Para a temporada de 2017/2018 confirmou a sua passagem para o Moreirense da Primeira Liga de Portugal, conseguindo assim a sua terceira prática profissional no país luso.

Ronaldo Luis Peña Vargas

Joga como avançado e a sua equipa atual é o Moirense da Primeira Liga portuguesa. Começou a sua vida no futebol aos quatro anos, motivado pelo seu pai, que era um jogador do Portuguesa Futbol Club. Aos 13 anos, um caça-talentos viu-o num jogo, depois de ter marcado um golo poucos minutos depois de ter entrado no jogo; Desde então, faz parte das categorias inferiores do Caracas Futbol Club e conseguiu ser internacional com a sub-17 e sub-20 da Venezuela.

Em 2015, foi cedido para o Atlético de Las Palmas da terceira divisão da Espanha, onde jogou por duas temporadas. Em 2017, foi promovido à UD Las Palmas e, depois, na temporada 2017-18, foi novamente emprestado ao Moreirense da Primeira Divisão de Portugal, onde se estreou com um gol contra o Vitória de Setúbal no primeiro encontro da Primeira Liga de Portugal.

Jesús Hernández

Joga como avançado e a sua equipa atual é o Belenenses da Primeira Liga, categoria máxima do futebol português. Nasceu em Cumaná, Estado Sucre, a 6 de janeiro de 1993. Participou na sub-20 sul-americano da Argentina em 2013.

O jogador venezuelano participou com o Deportivo Anzoátegui de 2010 a 2013, onde jogou um total de 43 jogos. Então, esteve com o Aragua FC durante um ano e jogou três jogos. Passou por diferentes clubes venezuelanos, mas em 2017 foi cedido ao C. F Os Belenenses da categoria mais alta do futebol português.

NO COMMENTS

Leave a Reply