UE “não considera” impor “medidas restritivas” à Venezuela

UE “não considera” impor “medidas restritivas” à Venezuela

0 482

A União Europeia (UE) «não está considerando» impor «medidas restritivas» contra o governo da Venezuela, revelou, na terça-feira, a porta-voz da Comissão Europeia.

«Acompanhamos a situação na Venezuela muito de perto, não estamos considerando medidas restritivas», disse Maja Kocijancic, porta-voz do executivo comunitário.

«A Venezuela enfrenta desafios políticos e uma grave situação económica, social e de segurança».

A respeito da situação das últimas semanas «já reagimos com preocupação e transmitimos nossa inquietação com o abuso e a multiplicação dos incidentes violentos no país».

No fim de Fevereiro, a UE considerou a detenção do prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, como um «sinal de alarme», assim como as notícias de supostas intimidações e maus-tratos a outros líderes da oposição detidos».

NO COMMENTS

Leave a Reply