Vasos, o lar das suas plantas

Vasos, o lar das suas plantas

0 78

Ultimamente, temos referido com frequência os jardins,inclusive os pequenos, que podemos ter com facilidade e total comodidade nos nossos apartamentos, e na sequência destes assuntos, surgiram outras dúvidas, pois, como vários dos nossos leitores sugeriram, nem todas as plantas se adaptam da mesma forma ao espaço e ao clima da zona.

Pois bem, respondendo a essas dúvidas, é importante destacar certos aspetos relacionados com o cuidado das plantas, flores, frutos e vegetais que temos nos nossos lares, para desfrutar deles ao máximo, e o principal efeito é dado pelo vaso, que se torna no lar dessas plantas.

Nesse sentido, é importante ter em conta vários fatores, como a cor da parede, o tipo de construção e o gosto de cada um, já que existe atualmente um sem número de opções de vasos de plástico, argila, cerâmica, madeira, entre outros materiais, que são bons para utilizar sempre que permitam que o substrato transpire e retenha um pouco de água para as raízes das plantas.

Para a transplantação, é bom ter em conta que o recipiente deve contar com uma boa drenagem, pelo que se os seus vasos não os têm, não hesite em fazer uns quantos buracos no fundo, para evitar encharcamentos, reduzindo o dano nas raízes das plantas, e se tem buracos a mais, tapá-los de forma a que a planta possa reter líquido suficiente para manter-se.

Se tem vasos grandes, precisa de um método de drenagem muitíssimo mais eficaz para o tamanho da planta. Para além dos mencionados furos no vaso, deve-se colocar uma capa de cascalho combinado com bocados de telha, e uma capa de areia, antes de espalhar a terra.

O tamanho do vaso deve ser cómodo para as raízes da planta, já que disso dependerá que a mesma dê ou não frutos ou flores, pelo que tenha em conta um raio de pelo menos dois centímetros de separação entre raízes e paredes para plantas pequenas, e pelo menos um centímetro para plantas de tamanho grande. Pense verde.

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply