13 de Maio Celebrado em Miami com Devoção e Festa

0
21
Foto: Simone Castro

No ano que marca o 107.º aniversário das aparições de Nossa Senhora de Fátima, a comunidade portuguesa de Miami celebrou pela terceira vez o dia 13 de maio. O evento contou com a participação de mais de 400 pessoas, a maioria luso-descendentes de origem venezuelana.

 

As celebrações iniciaram-se com uma missa especial, presidida pelo Padre Francisco Hernández, líder da Igreja de São Raimundo de Penafort. O sacerdote, de origem porto-riquenha, encontra uma explicação para o facto de o Milagre de Fátima ter devotos em todo o mundo: «Creio que o amor e a doçura que a virgem projectava foram adoptados pelas diferentes nações e culturas, para que possam aproximar-se mais de Jesus através de Maria».

 

«Esta é uma invocação muito centrada na ternura da Mãe para com os pastorinhos. E julgo que através dessa relação com as crianças, podemos identificar-nos com o amor maternal que ela dirige a cada um de nós», acrescentou Hernández.

 

A eucaristia terminou ao som da famosa Ave Maria de Schubert, interpretada por elementos do coro da Igreja de São Raimundo de Penafort. Para Carlos Abreu, chef de cozinha no restaurante Old Lisbon e devoto de Nossa Senhora de Fátima, esta terá sido a parte mais bonita da festa: «Aqui em Miami, as igrejas investem muito nos cânticos e é muito agradável ouvi-los.»

 

«Quando vou ao Santuário de Fátima, sinto uma paz enorme ao entrar naquele local. O mesmo se passou hoje aqui. Sinto essa paz.», concluiu Carlos, colaborador do evento.

 

Depois da Santa Missa, a estátua da Virgem de Fátima percorreu a rua 17, em Coral Gables, numa procissão que, apesar de pequena em distância, se fez acompanhar de uma multidão de crentes de várias nacionalidades. O percurso terminou no salão do centro paroquial, onde a majestosa imagem da Virgem foi colocada para adoração e para a oração do Santo Rosário.

 

O recinto encheu-se de velas e terços, e houve mesmo quem, em demonstração de fé, tenha permanecido ajoelhado durante as quase duas horas em que se rezaram os vinte mistérios que compõem o Rosário. Entre cada um deles, ecoaram cânticos a Nossa Senhora, interpretados em português, espanhol e italiano.

 

No final da cerimónia, realizou-se um pequeno convívio onde se puderam degustar algumas iguarias da gastronomia portuguesa, gentilmente cedidas pelos donos de estabelecimentos comerciais locais. A celebração e o partilhar contaram com o apoio da Majestic Portuguese Bakery; Old Lisbon; Francisca Restaurant; Vigeosoft USA Corp; Ornatus Events & Floralartist; Show Production Miami; Mega Wine and Liquor; Tia Carol Cakes Miami; Bonsai Sushi; Xikiñho’s; Allcoffee (Café La carreta); João Portugal Ramos; e a cantora Clary Barona.

 

«Para nós, emigrantes, Fátima tem um significado mais além da devoção. Fátima, para nós, é paz, é amor, é família, mas também é festa. Por isso tentamos sempre reunir os portugueses, e é muito gratificante ver a adesão que este movimento tem aqui em Miami», afirmou Aleixo Vieira, Conselheiro das Comunidades Madeirenses e membro da comissão organizadora do evento.

 

Há já dezassete anos que a Igreja de São Raimundo de Penafort tem uma pequena capela dedicada à Virgem de Fátima, mas apenas há quatro anos, um grupo de cidadãos teve a ideia de criar esta celebração: «Há três anos, estava reunido com um grupo de amigos e entrou dentro de mim aquela imagem da Virgem de Fátima e senti uma necessidade de ter que fazer, ser promotor ou pelo menos participante do dia de Fátima aqui em Miami» disse Daniel Ferreira da Silva, membro da comissão organizadora.

 

«Fátima tem tocado na minha vida a um nível muito pessoal e tem feito coisas por mim pelas quais lhe estou eternamente grato. Tenho uma devoção muito grande.», acrescentou Daniel, que é também presidente do recém-criado Clube Português de Miami, que ao longo do último ano tem organizado várias iniciativas como esta, que têm servido de ponto de encontro para a comunidade lusa residente nesta cidade.

 

María Alvarez, que também fez parte do comité organizador, disse estar satisfeita com os resultados. «A organização da celebração de Nossa Senhora de Fátima foi muito significativa e gratificante. Trabalhar em equipa para levar a cabo o nosso evento uniu-nos ainda mais em torno de um objetivo comum e reforçou os laços da nossa equipa, da nossa comunidade e da nossa fé. Foi uma experiência maravilhosa que, graças ao apoio e ajuda de todos, se tornou possível. É incrível sentir como estávamos sob o manto da nossa Mãe Santíssima, pois todos os contratempos foram resolvidos de uma forma mágica. Estamos muito gratos, pois a equipa envolvida em toda a celebração foi muito empenhada, dedicada e, acima de tudo, o que fizemos, fizemos-lo de coração para a nossa amada Virgem de Fátima», explicou Alvarez.

 

«Nossa Senhora de Fátima é uma figura de fé, esperança e proteção; um símbolo de amor maternal e conforto. Pessoalmente, vemo-la como um símbolo de paz, união e devoção. A celebração de Nossa Senhora, bem como outras actividades, são importantes, porque nos dão a oportunidade de expressar a nossa fé, de nos unirmos como um grupo fora dos nossos países de origem, bem como a nossa união espiritual. Estas celebrações também nos enchem de momentos de reflexão, de esperança e de união entre a comunidade. Além disso, manter estas tradições culturais e religiosas ajuda a preservar a identidade e o património de uma comunidade ou grupo de pessoas. Em suma, é importante continuar com a celebração da Virgem de Fátima e outras actividades, porque constituem um espaço de devoção, de apoio mútuo e de preservação da cultura e da tradição», concluiu a cidadã venezuelana.

 

O evento foi possível graças ao trabalho conjunto e apoio da Comissão Pro-cele ração de Nossa Senhora de Fátima; Portuguese Club Of Miami; Igreja St Raymond of Penafort e o padre Francisco Hernández; Lisett Nordarse, Olga Orozco e membros da paróquia; Maria Alvarez, Jenny Gonçalves; Hector Pires e família; Nelson de Sousa e família; José Humberto Oliveira e família; Milagros Ferreira e família; Aldrin e família; Fernanda Gomes e família; Bryan Carreno e família; e Michelle de Abreu.

Texto e fotos: Simone Castro

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here