3:33: Hora mística?

0
1184

Já despertou alguma vez a meio da noite e descobriu que são 03.33? Pior ainda: No dia seguinte abriu os olhos à mesma hora, sem razão alguma? Pois bem, esse número tornou-se numa espécie de lenda urbana, mas que tem uma explicação científica.

Para que fique mais tranquilo, trata-se de um fenómeno comum. Durante muitos anos, e graças a milhares de testemunhos em todo o mundo, esta hora passou a ser conhecida como ‘Hora do Morto’, associando-se ao instante em que mais fenómenos paranormais se experimentam. Mas para além disso, também se provou que essa hora coincide com um fenómeno denominado ‘paralisia do sono’.

Tanta fama esta hora ganhou que inclusive alguns católicos se dedicaram a procurar uma explicação, segundo a qual Jesus Cristo morreu às 15:00 h, sendo as 03:00 am a hora oposta. A referida hora compreenderia uma espécie de portal para que surja tudo aquilo que é inquietante e maligno, tudo o que tenta desafiar a Santíssima Trindade.

Não obstante, o que a ciência diz é que é habitual que aconteçam mais mortes entre as 03:00 am e as 05:00 am, porque é neste período que o sistema imunitário do nosso corpo está mais vulnerável. É uma altura que só morrem pessoas muito doentes ou terminais, simplesmente porque estão mais débeis.

Entretanto, médicos e psiquiatras asseguram que despertar a esta hora inexplicavelmente não é mais do que um efeito inconsciente do stress e também de um aspecto evolutivo que o ser humano continua a experimentar. Trata-se do medo da noite, do inesperado. Um medo colectivo da escuridão, que se traduz num aguçar dos sentidos, uma sensação de alerta que faz com que nos despertemos de repente, como que alarmados, como se algo ocorresse, pelo que cientificamente, a explicação é que despertar a esta hora é algo instintivo.

Historicamente, a nossa espécie era mais vulnerável durante a noite que de dia, portanto, somos propensos a uma maior sensação de medo durante esse tempo.

A explicação convence-o? Bons sonhos!

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here