Andar depressa e bem!

0
837

Os Professores de Português na Venezuela conseguiram o que podemos considerar uma proeza: em cerca de três meses criaram uma associação para defender os seus interesses na Venezuela e, ao mesmo tempo, velar pelo incremento e regulamentação das actividades que estejam relacionadas com a Língua do imortal poeta Luís de Camões e de outros vultos que honram o rectângulo natal e que nas suas crónicas e relatos enalteceram os feitos dos que deram continuidade ao Condado Portucalense. A Associação Venezuelana para o Ensino da Língua Portuguesa (AVELP) está criada três meses apenas depois de ter sido sugerida e aprovada no II Encontro dos Professores de Português em Venezuela.

Os primeiros passos estão dados, com determinação e uma vontade muito grande de levar por diante o projecto, cujos estatutos estão já em discussão, assim como já há um projecto que aponta os nomes para a primeira junta directiva da associação.

Isto é o que se chama andar depressa e bem. Da parte do CORREIO de Venezuela podemos garantir que a AVELP contará sempre com o nosso apoio e solidariedade.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here