Como ‘apagar’ as manchas no rosto

Durante a época de férias, é necessário tomar medidas para cuidar da pele dos efeitos do sol

0
889

Andrea Guilarte Rincón

aguilarte@correiodevenezuela.com

Os dias de sol convidam a desfrutar das praias e de actividades ao ar livre, mas há que estar alerta porque o sol pode ser um dos piores inimigos para a pele se não forem tomadas medidas para protegê-la dos seus efeitos, podendo causar manchas, especialmente nas mulheres de pele morena.

As manchas na pele do rosto têm um impacto negativo na vida social de mulheres e homens e depois do regresso da praia, estas manchas acentuam-se e escurecem, constituindo uma preocupação para quem tem este problema.

Existem factores que predispõem para este tipo de problemas e são responsáveis pelo aparecimento de manchas: A genética, a exposição ao sol, a gravidez, os anti-conceptivos orais, alterações hormonais e os cosméticos que irritam a pele.

A resposta ao tratamento varia segundo a localização do pigmento da pele. O melasma pode ser epidérmico (superficial), dérmico (profundo) ou misto, segundo a profundidade a que o pigmento na pele se encontre.

Para melhorar as manchas, o médico elabora um programa de tratamento de acordo com as características e condições em geral da pele, mas o primeiro passo a indicar sempre é o uso de um protector solar ou cremes hidratantes que contenham factor de protecção elevado.

Hoje em dia, contamos com um arsenal de possíveis tratamentos para as manchas na pele. Entre eles estão os peelings químicos com ácido mandélico, láctico, glicólico ou retinóico para esfoliar as células pigmentadas da epiderme. Também a luz intensa pulsada (IPL), que pode ser utilizada como complemento nos casos mais difíceis. É indicada uma sessão por mês, e quatro sessões, aproximadamente. Por último, é importante a aplicação de cremes que contenham ácido azelaico, vitamina C e alguns casos, hidroquinona.

Conselhos básicos

– Usar um protector solar adequado ao seu tipo de pele.

– Aplicar uma quantidade generosa de protector solar no corpo e rosto, e pelo menos 20 ou 30 minutos antes da exposição ao sol.

–  Evitar apanhar sol entre o meio-dia e as 4 da tarde.

–  Usar protector inclusive à sombra, devido ao reflexo da água, areia ou relva.

–  Voltar a aplicar o protector solar a cada duas horas e depois de cada banho.

–  Aplicar máscaras de abacate ou de aloé vera para acalmar e relaxar a pele.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here