As árvores da Lua e da Terra

0
749

Pode soar a ficção cientifica, mas sabia que no nosso Planeta existem árvores da Lua? Não se surpreenda, é certo que não se trata de árvores extraterrestres, mas sim de árvores cujas sementes orbitaram a lua, especificamente em 1971, quando se levou a cabo a missão espacial Apollo 14.

O astronauta Stuart Allen Roosa levou consigo, naquela viagem, 500 sementes de árvore, como um acto simbólico pelo seu amor pelas actividades ao ar livre, e devido a uma antiga história como combatente de incêndios florestais. As sementes foram depois devolvidas à terra.

As sementes foram doadas pelo Serviço Florestal dos EUA, pelo então director de investigação genética Stan Krugman, com o propósito científico de saber se a exposição ao espaço, em particular à radiação, podia ter efeitos nas sementes.

Ainda que as sementes nunca chegassem à superfície lunar, orbitaram o satélite natural, e ao regressar à Terra, foram plantadas em várias regiões dos Estados Unidos, onde cresceram normalmente.

Segundo os peritos, estas árvores não têm qualquer diferença em relação às restantes árvores, uma vez que a sua viagem não modificou sem a sua genética nem o seu comportamento de vida, e apesar dos esforços, a NASA não conseguiu situar a totalidade dos viajantes. Roosa decidiu que levaria sementes de Sequóia, Abeto Douglas, Pinheiro Taeda, Sicomoro e Liquidámbar como companheiros de viagem, a ver o que acontecia, e deu voltas sozinho em redor da Lua enquanto os seus companheiros trabalhavam na superfície lunar.

As sementes viajantes foram à lua em 1971, germinaram e foram plantadas em 1976, como parte das celebrações do bicentenário da Independência dos Estados Unidos da América.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here