Benfica ganha pontos aos rivais históricos

Empate do FC Porto no embate com o Estoril-Praia permitiu ao Guimarães ascender ao segundo lugar

0
729

Sporting e FC Porto, que empataram com Paços de Ferreira e Estoril, respectivamente, deixaram que o terceiro «grande», o Benfica, reforçasse a vantagem na Primeira Liga, já que os «encarnados» triunfaram sobre o Nacional, na Madeira.

O «tropeção» do FC Porto na Amoreira permitiu ainda que o Vitória de Guimarães, vencedor do Arouca nesta ronda, subisse ao segundo lugar, mantendo-se na perseguição próxima do Benfica – comanda a equipa da «águia» com 25 pontos, os vimaranenses estão com 23.

O FC Porto, que ainda não perdeu na competição, somou o quarto empate do campeonato e viu assim o Benfica distanciar-se. Os «dragões» estão com 22 pontos, após um jogo em que só no tempo de compensação chegaram ao empate.

Nota mais também para o Paços de Ferreira, que, com o precioso empate em Alvalade, continua à frente dos «leões», com 18 pontos contra 17, atrás ainda de Belenenses, que tem 20 pontos, e Sporting de Braga, que tem também 18 pontos.

No jogo que fechou a ronda no domingo, 9 de Novembro, Brahimi abriu o marcador, aos 20 minutos, adiantando o FC Porto. Kuca, aos 27, e Tozé, aos 81, na conversão de uma grande penalidade clara, fizeram a reviravolta no marcador.

O espanhol Oliver Torres, entrado para os oito minutos finais, fez o empate aos 90+4, assegurando que o «dragão» continua sem conhecer a derrota na Liga.

Tal como o FC Porto, o Benfica também esteve a perder e logo desde cedo: Edgar Abreu marcou para o Nacional, logo no primeiro minuto.

Com a «ajuda» de erros do adversário, os pupilos de Jorge Jesus chegaram á vitória graças aos tentos de Salvio, aos sete, e de Jonas, aos 19.

Em jogo que começou francamente com «nota menos», o Sporting não iniciou as coisas melhor do que os rivais e, aos 32 minutos, perdia em casa com o Paços de Ferreira, golo do peruano Hurtado. A reacção foi clara, mas não passou do grande golo do colombiano Montero, aos 49 minutos.

A vitória por 3-0 do Rio Ave sobre a Académica, no encerramento da jornada, segunda-feira, 10 de Novembro, permitiu aos vila-condenses apanhar o Sporting no sétimo posto da classificação.

Ao quarto lugar subiu o Belenenses, vencedor por 1-0 em Moreira de Cónegos, no mesmo dia em que o Vitória de Setúbal bateu o Marítimo e o Boavista o Penafiel, também pela margem mínima.

Na abertura da ronda, sexta-feira, 7, o Vitória de Guimarães conseguiu igualmente o feito de «virar» o resultado com o Arouca. Depois do golo de Diego Galo, aos 76, respondeu nos último dez minutos, com tentos de Josué (82) e de Hernani (89), para uma «saborosa» vitória por 2-1.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here