Benfica SAD com lucro de 4,2M€ após dois anos de prejuízos

0
64

A Benfica SAD obteve um resultado líquido de 4,2 milhões de euros em 2022/23, após dois exercícios em terreno negativo, com o aumento dos rendimentos operacionais e do resultado com transações de atletas, anunciou hoje a entidade.

No comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD ‘encarnada’ realçou «a melhoria de 39,2 milhões de euros face ao período homólogo, estando o mesmo influenciado pelo aumento dos rendimentos operacionais (excluindo transações de direitos de atletas) e pela melhoria do resultado com transações de direitos de atletas».

Os rendimentos operacionais (excluindo transações de direitos de atletas) atingiram os 195,8 milhões de euros, o que equivale um crescimento de 15,6% face ao período homólogo, correspondendo ao valor mais elevado de sempre alcançado pela Benfica SAD, que já tinha sido alcançado no exercício transato.

«Esta evolução é explicada pelo crescimento das receitas nos três segmentos (Media TV, Matchday e Commercial), sendo de destacar o efeito positivo do desempenho desportivo na Liga dos Campeões», sublinhou a Benfica SAD.

Já o resultado com transações de direitos de atletas superou os 63,7 milhões de euros, o que representa uma melhoria de 53,2% face ao valor de 41,6 milhões de euros alcançado no período homólogo.

«As principais transações ocorridas nos dois últimos exercícios estão influenciadas pelo facto de serem relativas a jogadores que representaram investimentos elevados na aquisição dos respetivos direitos e aos quais estavam associados compromissos com terceiros», vincaram as ‘águias’.

Os rendimentos operacionais (incluindo transações de direitos de atletas) atingiram os 284,7 milhões de euros, representando um aumento de 21,9% face ao valor de 233,5 milhões de euros alcançado, no período homólogo, ao passo que os gastos operacionais (excluindo transações de direitos de atletas) corresponderam a 245,8 milhões de euros, mais 1,3%.

O ativo ascendeu a um valor de 557,8 milhões de euros, o que significa um aumento de 24,1 milhões de euros face ao final do período homólogo, correspondendo ao oitavo exercício consecutivo em que o valor do ativo cresce, enquanto o passivo está fixado nos 444,6 milhões de euros, um aumento de 19,9 milhões de euros face a 30 de junho de 2022.

«O passivo representa 79,7% do ativo, mantendo-se como um bom indicador de equilíbrio financeiro e solidez da sociedade», salientou a SAD benfiquista, cujo valor da dívida líquida é de 140,8 milhões de euros, uma redução de 4,3% face ao final do exercício transato.

Já o capital próprio corresponde a 113,2 milhões de euros, um aumento homólogo de 3,9%, e aproximando-se do valor do capital social da Sociedade (115 milhões de euros).

«Desde 30 de junho de 2013, a Benfica SAD conseguiu recuperar um valor acumulado de 137 milhões de euros do seu capital próprio», vincou a SAD ‘encarnada’.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here