Centro de Atendimento Consular que apoia emigrantes recebeu meio milhão de contactos

0
29

O Centro de Atendimento Consular (CAC), que apoia a comunidade portuguesa residente em 10 países, já recebeu meio milhão de contactos, sendo os Países Baixos o mais recente e que em 14 dias recebeu mais de 700 chamadas.

O balanço foi feito à agência Lusa pela secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, no final de uma visita ao CAC, em Lisboa.

Os CAC são uma medida no novo modelo de gestão consular, criado para dar resposta aos utentes nas comunidades que tinham dificuldade em obter uma resposta, uma informação, uma resposta a um ‘e-mail’, ou a um atendimento telefónico.

Criado no final de 2019, o CAC começou por responder à comunidade portuguesa em Espanha e no Reino Unido e hoje presta apoio aos emigrantes em 10 países. O próximo será a França, a partir do próximo ano.

Dos 15 operadores iniciais, contabiliza agora 42 e já respondeu a mais de 500.000 contactos, dos quais 270.000 em 2020 e 2021.

Berta Nunes considerou que o maior constrangimento a este serviço, tal como no atendimento presencial nos consulados, foi a pandemia de covid-19.

“Quando falamos de alguma dificuldade no pós-covid tem a ver com o facto de os consulados terem estado durante muitos meses fechados” e, quando reabriram, também foi “com condicionantes” e teve de se “implementar o agendamento”, que “para algumas pessoas também tem alguma dificuldade”, por ser ‘online’, disse.

A acompanhar a visita, a secretária de Estado da Inovação e da Modernização Administrativa, Fátima Fonseca, disse à Lusa que “as pessoas precisam de contacto humano, seja ele presencial ou mediado através de um canal digital”.

“Seja por uma questão de preferência, seja por uma questão de conforto, obviamente o contacto humano é insubstituível”, acrescentou.

A secretária de Estado enalteceu o desenvolvimento destas ferramentas que, na impossibilidade de um atendimento presencial, permitem uma resposta com voz e até mesmo imagem. No fundo, “ter uma pessoa do outro lado”, com voz ou imagem, o que “é insubstituível” para muitas pessoas.

Fazer ou renovar o cartão do cidadão, o passaporte, tratar das mais variadas certidões são alguns dos serviços possíveis, para os quais os CAC restam apoio.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here