“Crescimento da língua portuguesa está nas mãos dos jovens”

0
37

A língua portuguesa tem crescido no mundo e o interesse pelo idioma deve aumentar ainda mais graças a ação dos jovens nos países lusófonos.A aposta é do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que concedeu essa entrevista à ONU News, na semana passada.

“Chego ao Senegal e encontro milhares de jovens senegaleses a falarem português. Encontro a multiplicação do português na América Latina onde mais fácil, mesmo em países de língua espanhola. Na China, o que há de alunos chineses, e não falo da presença na Ásia, de Macau ou de Goa. E o que há de alunos chineses a quererem falar e estudar português. Quero dizer, portanto, na Ásia-Pacífico encontramos essa realidade, porque sabem da importância do português no Hemisfério Sul. Sabem da importância do português. Não é por causa de Portugal.

Hoje a língua portuguesa deve aquilo que é, larguíssimamente, ao papel fundamental dos grandes países com povos mais numerosos, mais jovens, mais virados para o futuro e ainda do que o povo português, que são aqueles que eu encontrei. Brasil, Angola, Moçambique e os outros irmãos em África, Timor-Leste mesmo, são eles que estão a liderar a língua portuguesa.”

Língua oficial do Timor-Leste, o idioma passou a ser ensinado nas escolas após a restauração da independência em 2002. Convive ao lado do tétum e outras línguas locais.

Nos últimos anos, mais que quadruplicou o número de universidades na China que ensinam o português como língua estrangeira. O idioma é oficial na Região Administrativa de Macau.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, que deve comparecer à cerimônia de reabertura do Museu da Língua, em São Paulo, após o incêndio de 2015, o português lucra com a riqueza e a diversidade de seus povos.

Ao falar da relação com a maior das ex-colônias portuguesas, o Brasil, Marcelo Rebelo de Sousa citou as relações pessoais de amizade que tem com o país, onde vive parte de sua família. E lembrou que Portugal tem intermediado a favor de um acordo da União Europeia com o Mercosul, justamente por causa do Brasil e outros parceiros.

“O Brasil é uma potência, é uma potência. Mas o Brasil tem um papel fundamental no Mercosul. E Portugal tem feito tudo para o entendimento no acordo entre a União Europeia e o Mercosul.

E, por outro lado, pensar no Brasil é pensar no peso das comunidades portuguesas que estão ali ao lado nos outros países de língua espanhola, castelhana. Não de língua portuguesa, mas enfim o Brasil tem um relevo, uma importância económica, social, cultural e política e também diplomática crucial da cooperação.”

Ao comentar planos de viagens oficiais, o presidente de Portugal disse que pretende ir a São Tomé e Príncipe ainda este ano para a posse do novo ocupante da Presidência do pa,ís e que irá também a Timor-Leste até 2022.

Marcelo Rebelo de Sousa falou à ONU News após participar da cerimônia da eleição do segundo mandato de Guterres. Segundo ele, o Timor-Leste é um caso especial nas relações diplomáticas de Portugal por se tratar de um contexto “bem diferente do euro-americano ou euro-africano”.

Localizado no sudeste da Ásia, o Timor-Leste é uma porta em língua portuguesa para a Ásia-Pacífico e para ajudar a afirmar os interesses não somente de Portugal, mas dos demais membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, na região.

Atualmente, cerca de 285 milhões de pessoas vivem em países que têm o português como língua oficial.

O Instituto Internacional de Lígua Portugesa, Iilp, estima que pelo menos 7 milhões de falantes do português vivam na diáspora e outros milhões falem o idioma como língua estrangeira.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here