Cristiano Ronaldo fala sobre o futuro da carreira e aborda o caso de Federer

0
59

O avançado da Juventus reconheceu que o futuro dentro das quatro linhas depende, acima do «corpo», do nível de «maturidade» de cada atleta.Perto completar 36 anos são muitos os que questionam para quando será o adeus do madeirense ao relvados.

Em declarações à DAZN, o avançado da Juventus reconheceu que o futuro dentro das quatro linhas depende, acima do «corpo», do nível de «maturidade» de cada atleta.

Cristiano Ronaldo fez ainda uma curiosa comparação com Roger Federer: «Não quero ser alguém que joga e é lembrado por aquilo que já foi em comparação com aquilo que é agora. Não quero isso. Podemos cuidar do nosso corpo. Esse não é o problema. O problema está na cabeça. A motivação, a experiência. Agora é possível atingir níveis elevados com maior maturidade. Vemos isso no ténis por exemplo com o Federer, que tem 37 ou 38 e ainda está no topo. No boxe também há uns quantos”, recordou CR7.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here