Cultura conquista um lugar no CP

Como forma de ampliar o leque de opções oferecidas aos seus associados

0
918

Como forma de ampliar o leque de opções oferecidas aos seus associados, a direcção de Cultura do Centro Português anuncia a chegada de novos projectos que já se perfilam como bem-sucedidos. O primeiro deles é a Escola da Música CP, que actualmente se encontra à procura de jovens e adultos que gostem de cantar, dançar ou tocar algum tipo de instrumento.

O director de Cultura, Alberto Viveiros, explicou que a ideia é conhecer o talento existente na instituição e começar a preparar um novo grupo de música e dança do CP, que não deixe a desejar em relação a outros grupos estrangeiros. A escola de música servirá também como base para as Gaitas CP, que procuram novos membros todos os anos. “A ideia é preparar o nosso talento tanto para o novo grupo de música e dança como para o grupo de gaitas, de tal forma que tenham preparação constante e estejam prontos para assumir qualquer tipo de actuação para a qual sejam convidados”, explicou o dirigente associativo.

Portugueses dançam flamenco

Por outro lado, a Escola de Flamenco do clube levará a cabo a Grande Feira Sevilhana a 7 de Novembro, a partir das 4 da tarde, nos espaços descobertos do sótão 1. A iniciativa trata de uma grande festa espanhola que procura mostrar o talento das alunas da escola, que já estão a ensaiar de forma constante as suas coreografias.

Para além do talento CP, outra das grandes atracções da jornada será a apresentação de um espectáculo de cavalos que dançam flamenco. Serão também disponibilizadas no local uma grande variedade de stands de venda de comida e bebida, que, em conjunto com o ambiente criado, transportarão o público até terras espanholas.

Os mais pequenos da casa poderão desfrutar de uma grande variedade de opções para o seu entretenimento, entre as quais se destacam diferentes atracções mecânicas ao estilo de um parque de diversões, jogos de feira, mimos, malabaristas e magia com balões.  Os adultos terão à sua disposição diferentes locais para descansar.

Coral lança CD institucional

O Grupo Coral do Centro Português prepara-se para celebrar em grande os seus 19 anos de vida, com um encontro de grupos de coral, marcado para 14 de Novembro, no salão nobre do referido centro social. A data será propícia para a estreia do CD institucional ‘Himnos’: Uma maravilhosa iniciativa que demonstra o talento existente no grupo e que servirá de base para os futuros eventos da associação.

Será sem dúvida uma noite especial não só para o grupo coral, mas também para o Grupo Folclórico Centro Português, que apresentará o baile preparado para 25.ª edição do Festival de Danças Folclóricas Internacionais, que se leva a cabo no dia seguinte, no Centro Italiano Venezuelano da cidade de Caracas.

O Grupo Coral Centro Português tem como objectivo fundamental divulgar a música portuguesa na Venezuela e dar a conhecer a música venezuelana na comunidade portuguesa. Foi fundado em 1995 sob a direcção da professora Ana Maria Fernandes, dando o seu primeiro concerto a 10 de Junho de 1996, no acto de comemoração do Dia de Portugal. Ao longo dos anos, foi dirigido por prestigiados professores, tais como Ana Stimac e Jesús Ochoa. Actualmente, é dirigido por Douglas Saldivia.

Expo Escala Avila encantou no Cantinho da Cultura

Nos passados dias 11 e 12 de Outubro, o Cantinho da Cultura do Centro Português viveu uma verdadeira explosão de criatividade com a Expo Escala Avila 2014: Grandes e pequenos fizeram voar a sua imaginação com os incríveis modelos à escala realizados pelos membros do Club de Modelismo Estático Avila, no âmbito da celebração dos seus 15 anos.

Nesta ocasião, a direcção de Cultura ofereceu ao público uma mostra variada de modelos à escala elaborados com as mais variadas técnicas e materiais. A exposição, enquadrada na categoria aberta Chance Vought F-4U Corsario, foi composta por diferentes veículos e aviões feitos à mão e pintados com pincel ou aerógrafo.

Para além do prémio próprio da competição, o Centro Português entregou o prémio

‘Modelo Destacado’ a Jorge Oppenhaimer, por um Avião Hélice Mustang P51 North American, que captou a atenção de todos pela qualidade dos seus detalhes.

Alberto Viveiros mostra-se optimista pelo patamar atingido pelas diferentes actividades culturais no centro social e assegura que continuará a procurar novas iniciativas como esta, com a finalidade de aproximar todos os associados à Cultura.

Artículo anteriorGrandes Ligas
Artículo siguienteAlta tribuna
Editor - Jefe de Redacción / Periodista sferreira@correiodevenezuela.com Egresado de la Universidad Católica Andrés Bello como Licenciado en Comunicación Social, mención periodismo, con mención honorífica Cum Laude. Inició su formación profesional como redactor de las publicaciones digitales “Factum” y “Business & Management”, además de ser colaborador para la revista “Bowling al día” y el diario El Nacional. Forma parte del equipo del CORREIO da Venezuela desde el año 2009, desempeñándose como periodista, editor, jefe de redacción y coordinador general. El trabajo en nuestro medio lo ha alternado con cursos en Community Management, lo que le ha permitido llevar las cuentas de diferentes empresas. En el año 2012 debutó como diseñador de joyas con su marca Pistacho's Accesorios y un año más tarde creó la Fundación Manos de Esperanza, en pro de la lucha contra el cáncer infantil en Venezuela. En 2013 fungió como director de Comunicaciones del Premio Torbellino Flamenco. Actualmente, además de ser el Editor de nuestro medio y corresponsal del Diário de Notícias da Madeira, también funge como el encargado de las Comunicaciones Culturales de la Asociación Civil Centro Portugués.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here