Cultura e tradições portuguesas abrilhantaram ‘Expo Rosa dos Ventos’

0
67

Realizou-se no Centro Comercial Paseo El Hatillo, no leste de Caracas, a 1.ª edição da ‘Expo Rosa dos Ventos’, evento que procurou unir empreendedores, empresários lusos e a comunidade portuguesa que reside neste país – cuja grande percentagem é proveniente da Madeira.

Serafín de Abreu, lusodescendente com raízes na freguesia da Tabua, descreveu o “grande sucesso” do evento. “Realizou-se com grande sucesso a 1.ª edição da ‘Expo Rosa dos Ventos’, utilizando o nome deste instrumento que uniu Portugal a todo o mundo desde os descobrimentos”, considera, acrescentado que o pretendido é “unir comerciantes, empresários, Industriais e Instituições portuguesas, de portugueses e descendentes de portugueses na Venezuela, ainda a trabalhar pela terra de Simón Bolívar”, explica o autor do programa ‘Sabor a Portugal’, emitido na rádio altos 107.1 FM ou através do site www.Altosfm.com.ve.

Segundo o descendente de madeirenses, “união e integração são muito importantes neste momento em todo o mundo, devido à pandemia”.

“Queremos integrar toda a comunidade portuguesa, de todo o país, para dar-lhes a conhecer o nosso potencial e para integrar os jovens na nossa cultura”, realça.

Por fim, Serafín de Abreu agradece ao Centro Comercial “Paseo El Hatillo”, por facultar as instalações para a realização deste evento.

Nesta iniciativa, foram vários os momentos dedicados à celebração do 36.° aniversário do Instituto Português de Cultura e ainda do 11.° Aniversario da Federação Iberoamericana de Lusodescendentes.

Os ‘madeirenses’ Bolo do Caco da Fátima, grupo musical “Magia Lusitana” e o Grupo Folclórico do Centro Português de Caracas deixaram bem vincada a tradição regional nesta iniciativa.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here