Curiosidades sobre o Natal

0
99

O natal é uma comemoração cristã muito especial onde celebramos o nascimento de Cristo.

 E cada um dos simbolos natalinos tem um significado.E por isso algumas curiosidades acompanham essa data mundialmente comemorada, continue conosco pois vamos falar sobre algumas das mais importantes curiosidades sobre o Natal em todo o mundo.

Nascimento de Jesus: Pelos resquícios históricos, provavelmente o nascimento de Jesus não foi o mês de dezembro. Essa data só foi determinada no ano de 350 d.C, quando o Papa Júlio I, bispo de Roma, oficializou a data na igreja Católica. Pois seu objetivo era que a data coincidisse com a festa pagã que celebrava o Rei Sol.

Pai Natal: O famoso bom velhinho está diretamente relacionado com a figura de São Nicolau de Mira, um bispo nascido na Turquia em 280 d.C. que ajudava as pessoas carentes deixando moedas perto das chaminés dos menos favorecidos durante a noite. São Nicolau foi beatificado pela Igreja Católica por conta dos milagres que realizou e se tornou o santo padroeiro da Rússia, da Grécia e da Noruega.  Inicialmente a imagem do Papai Noel era representada por um homem magro, parecido com um duende que usava roupas escuras, em tons de marrom e verde. Somente em 1931, a Coca- cola através de uma campanha publicitária deu esse aspecto mais próximo do que conhecemos hoje. Segundo a lenda, na noite da véspera de Natal, ele percorre os céus por todo o mundo com a ajuda do seu trenó puxado pelas suas nove renas, e leva presentes às crianças que se comportaram bem durante o ano, deixando em baixo da arvore.

Presentes: A pratica de trocar presentes no natal é para lembrar que os três reis magos – Belchior, Baltazar e Gaspar – ofereceram presentes para o menino Jesus após o seu nascimento: incenso, ouro e mirra. Com o passar do tempo, a tradição de se presentear no Natal foi se espalhando pelo mundo, e hoje em dia é muito maior, essa tradição move o comercio no final do ano, são vitrines enfeitadas cheias de luzes e presentes. Porém é muito bom presentear quem amamos, levando alegria e expressando amor.

Presépio: O presépio é pequeno cenário, montado geralmente sob os pés da árvore de natal, onde é retratado o nascimento do Cristo. Tradicionalmente o presépio deve ser montado no 1º domingo do Advento e desmontado no dia 6 de janeiro, data em que a Igreja celebra a Solenidade da Epifania do Senhor. Criado por São Francisco de Assis em 1223. Ele montou o primeiro presépio em uma gruta, na Itália. Na época, a Igreja não permitia a realização de representações litúrgicas nas paróquias, mas São Francisco pediu a dispensa da proibição, para relembrar ao povo a natividade de Jesus Cristo.

Ceia: Segundo a literatura, a Ceia de Natal teve origem na europeu onde as portas das casas ficavam abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos, para confraternizarem junto com os de casa, para comemorarem a data tão significativa para os cristãos. A ceia sempre composta de muita comida, composta por diversos pratos. Essa tradição foi se espalhando pelo mundo e cada região.

Arvore de natal: O pinheiro simboliza a vida, pois é uma das poucas árvores que sempre se mantém verde, mesmo durante o inverno, quando a maioria das árvores perdem as folhas. A tradição de usar árvores para decorar as casas remonta à antiguidade. Egípcios, celtas, romanos e até mesmo os vikings costumavam trazer essas plantas para dentro de casa. As árvores eram usadas como decoração no solstício de inverno e simbolizavam que, ao final dessa estação, o sol iria reaparecer e as plantas voltariam a crescer. Mas apesar de já serem usadas há séculos, foi por volta dos anos 1500 que as árvores de natal tornaram-se um costume cristão. Historiadores atribuem essa tradição à Martinho Lutero.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here