Curiosos ‘venezuelismos’

0
1085

Nós venezuelanos temos expressões coloquiais muito nossas! Tão nossas! Se as traduzirmos, perdem-se, e nesta oportunidade mostramos-lhe quais são essas palavras que só um venezuelano usa, à parte de “chévere”.

Por exemplo, “chamo”. Esta é uma palavra que nos distingue do resto do continente e provém do vocábulo “chum”, que em inglês significa camarada.

Aparecem ainda frases como “dar la cola”, que, longe do que muitos pensam noutros países, usamos para pedir que nos levem de um lado a outro. Acredita-se que esta frase vem da guerra da independência, onde os soldados rasos pediam a oficiais amigos que os levassem na garupa ou cauda (‘cola’) do cavalo, para descansar os pés devido às longas travessias.

Também nos deparamos com “echase palos”, que significa beber álcool mas que provém daqueles tempos em que a escravatura foi abolida, altura em que os fazendeiros se negaram a pagar os seus antigos serventes com moedas de prata. Para as substituir, faziam tábuas com o selo da fazenda, para que pudessem ser trocadas nas lojas de comida e bodegas por víveres, mas muitos preferiam comprar bebida e pediam “um palito de rum”, “um pau de ‘miche’”, etc.

Muitos riem-se de nós quando dizemos “deje el pelero”, que significa que se fugiu rapidamente de um lugar. Diz-se que os indígenas venezuelanos, ao seguir o rasto de uma presa, diziam que a mesma tinha saído a correr ao deixar rastos de pêlo no solo ou na parede do seu refúgio.

Encerramos este percurso com a frase “echarle pichón”, que é fazer um esforço para conseguir algo. Nas antigas povoações e cidades venezuelanas, a água era obtida de bombas ou fontes públicas e era necessário esforço físico. Estas bombas tinham um letreiro que dizia “Push on”, para indicar que tinham de empurrar a alavanca para conseguir extrair a água. Ao ‘venezuelizar-se’, ficou a expressão “Echarle pichón” para assinalar a alguém que tinha de tirar a água fazendo força na alavanca. Curioso, não?

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here