Diáspora enaltece “grande figura” de Alberto João Jardim

0
35

O apelo à votação da diáspora de Alberto João Jardim agradou os madeirenses além-fronteiras, que recordaram o ex-presidente do Governo Regional da Madeira como um dos pilares da história da Região.

Alberto João Jardim, ex-presidente do Governo Regional da Madeira, apelou, em vídeo, ao voto de todos os portugueses na diáspora, nas próximas eleições legislativas. Vídeo esse partilhado no grupo de WhatsApp “Desafios da Diáspora” com a marca JM.

As reações não tardaram a chegar, onde o ex-presidente do Governo Regional da Madeira foi recordado com bastante carinho pelos madeirenses espalhados por todo o mundo.

“É preciso distinguir o PSD-Madeira no seu tratamento à diáspora e o PSD nacional que não resolve os problemas da diáspora há décadas”, considerou inicialmente José Nascimento, conselheiro da diáspora madeirense em solo sul-africano.

Para o advogado de profissão, “o que Alberto João Jardim fez pela Madeira, Portugal não fez, nem faz pela diáspora”.

“Aí está a grande diferença. Cuidou da sua gente e da sua terra”.

José Nascimento lamenta que Lisboa, como diz, apenas se lembre da diáspora nas eleições e com o voto postal.

“De resto andamos a tocar a mesma tecla há décadas e a música de Lisboa mantém-se a mesma. Eles querem é viagens e visitas à diáspora”, continuou.

Nas críticas, o conselheiro defende que a diáspora devia “exigir os orçamentos dessas viagens inócuas mas luxuosas”, pois têm “esse direito de exigir contas, para que não falte dinheiro para as coisas necessárias”.

Como exemplo, José Nascimento aponta a “vergonhosa” diferença no pagamento dos testes PCR pagos pelos emigrantes e não pagos pelos residentes em Portugal.

“Cem euros, como se não fossemos também portugueses e não pagássemos impostos”, lamenta.

Pelo contrário, “a Madeira dá exemplo nos PCR aos seus turistas não residentes”.

“Ao sair da Madeira o turista tem direito ao PCR grátis, coisa que muitos emigrantes desconhecem”, remata.

Outra voz a enaltecer a postura de Alberto João Jardim é Aleixo Vieira, conselheiro da diáspora madeirense na Venezuela.

“Mais do que falar de política (que é muito importante também), na minha opinião, o que mais destaco é que a mensagem vem da pessoa mais importante da história da ilha da Madeira”.

Para Aleixo Vieira, o apelo ao voto do ex-presidente do Governo Regional é “uma grande honra e um privilégio para a nossa diáspora”.

Também Joe Nunes, madeirense no Reino Unido, agradeceu a disponibilidade e atenção com as comunidades portuguesas pelo mundo.

“O seu apelo ao voto é sem dúvida um dever cívico na nossa diáspora. Podemos, cá fora, fazer toda a diferença. O nosso país precisa do nosso apoio”, termina o emigrante.

São algumas das reações dos emigrantes madeirenses além-fronteiras que mantêm bem presente as recordações da presidência do Governo Regional de Alberto João Jardim.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here