Diáspora portuguesa perde mais um jornal

0
56

O LUX24, um portal de notícias detido por uma associação sem fins lucrativos no Luxemburgo, fundado em 2017 pelo jornalista Paulo Dâmaso, acaba de anunciar o seu encerramento.

No site do periódico pode ler-se que “o LUX24, jornal online independente do Luxemburgo, em língua portuguesa, vem, por este meio, anunciar que cessou a sua actividade, com efeitos práticos desde segunda-feira, 15 de agosto de 2022″.

O jornal em linha dedicado à comunidade portuguesa do Luxemburgo foi fundado em setembro de 2018, cessando agora atividades “com a sensação de missão cumprida, mas com um misto de tristeza e de coração pesado”, num texto assinado pelo seu fundador.

Dâmaso explica que “dois anos de pandemia e o actual período de instabilidade criado pela guerra entre a Rússia e a Ucrânia, aliados à forte crise económica mundial, afectaram o desenvolvimento do projecto pessoal”. Mas o encerramento do Lux24 tem igualmente a influência de uma “drástica mudança na sociedade luxemburguesa, portuguesa e mundial nos últimos dois anos e a deterioração do ambiente dos meios de comunicação (causadas pelas tóxicas redes sociais, fake news, contra-informação, a falta de meios/recursos, entre outros aspectos)”.

Paulo Dâmaso, que assegurava a redação do jornal praticamente só, lamenta ter de encerrar o projeto, mas admite não conseguir esforçar-se “mais em prol de um mundo mais livre e sem medo”.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here