Emigrante que perdeu tudo na catástrofe de Las Tejerias vai ser repatriado

0
200

Um emigrante madeirense que perdeu tudo o que tinha na catástrofe de Las Tejerías, que fustigou o estado venezuelano de Aragua em outubro do ano passado, vai ser repatriado para Portugal.

José Pita Ferreira, 56 anos, natural do Loreto, freguesia do Arco da Calheta, tem estado a viver em casa de um amigo desde que ficou sem a propriedade em que residia e de perder praticamente todos os seus pertences, incluindo aminais domésticos e de criação.

Este caso foi acompanhado pela Embaixada de Portugal em Caracas, tendo o Embaixador João Pedro Fins do Lago tido conhecimento da situação do cidadão no próprio terreno, durante a visita que fez a Las Tejerias, dois dias após a tragédia. Nessa sequência, instruiu o Consulado-Geral de Valencia para dar seguimento ao pedido de repatriamento humanitário, que, entretanto, foi marcado para o próximo dia 20 de Abril.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here