‘Estrelinha’ continua a brilhar em Alvalade

Tanto os 'dragões' como o campeão nacional têm um jogo a menos, ambos contra o União da Madeira, pelo que o avanço 'real' do Sporting pode não ser tão expressivo

0
631

CORREIO/LUSA

O Benfica voltou ao terceiro na I Liga portuguesa de futebol, ultrapassando, na segunda-feira, 30 de Novembro, o Sporting de Braga, que derrotou por 2-0 no estádio municipal bracarense, e mantendo o atraso relativo para Sporting e FC Porto.

Mas a 11.ª jornada viu também o Sporting ganhar ao Belenenses por 1-0, com uma grande penalidade já para lá do tempo regulamentar, pelo que os três ‘grandes’ mantêm a diferença que traziam da jornada anterior, com os ‘leões’ nos 29 pontos, o FC Porto nos 24 e o Benfica nos 21.

Tanto os ‘dragões’ como o campeão nacional têm um jogo a menos, ambos contra o União da Madeira, pelo que o avanço ‘real’ do Sporting pode não ser tão expressivo.

Ao Sporting, valeu uma mão do central belenense Tonel, em plena área, a desviar a bola da cabeça de Slimani. A falta do antigo jogador do Sporting originou uma grande penalidade, que William Carvalho converteu, com calma, aos 90+3 minutos.

O golo mesmo no final acabou por ‘mascarar’ o facto de o Sporting ter mostrado escassas soluções para contrariar o esquema defensivo contrário.

Tudo correu de forma diferente em Braga e, aos 11 minutos, o marcador já indicava a vantagem de 2-0 para os visitantes, que em luta directa pelo terceiro lugar foram muito mais eficazes.

Pizzi, aos três minutos, inaugurou o marcador e, aos 11, Lisandro López elevou, deixando em choque a formação bracarense, que no entanto tentou reagir logo de imediato, quase chegando ao golo aos 15 minutos, através de Rafa.

O Sporting de Braga ainda se pode queixar, entre outros lances, do livre directo que Filipe Augusto enviou à trave, já com o guarda-redes Júlio César totalmente batido.

Com a vitória de ‘serviços mínimos’ do FC Porto sobre o Tondela, por 1-0, os três ‘grandes’ escapam na classificação, com o Sporting de Braga a seguir-se na tabela, com 20 pontos, mais dois do que o Rio Ave, surpreendentemente batido em casa pelo Moreirense (1-0).

O sexto lugar é para o Paços de Ferreira, que na jornada bateu o Estoril-Praia, por 2-0.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here