Federação da Venezuela em conversações para pagar dívida a José Peseiro

0
25

A Federação Venezuelana de Futebol (FVF) anunciou estar em conversações para pagar a dívida ao ex-treinador português José Peseiro, que em agosto rescindiu o contrato com a seleção de futebol por pagamentos em atraso.

«Já estamos em conversações para saldar a dívida a José Peseiro», anunciou, na terça-feira, o novo presidente da FVF, Jorge Giménez, numa mensagem divulgada na rede social Twitter.

Na mesma rede social, a FVF explicou estar «em conversações com um diretor técnico», mas que «estas conversas não acontecem da noite para o dia, demoram tempo».

A FVF indicou também que o estádio olímpico da Universidade Central da Venezuela vai ser a sede das eliminatórias de outubro, quando a equipa venezuelana Vinotinto vai confrontar as seleções do Brasil e do Equador.

Segundo a imprensa venezuelana, a FVF deve o equivalente a 14 meses de salário a José Peseiro, que não recebeu nenhum pagamento desde o primeiro trimestre do ano passado, situação que levou o técnico a demitir-se do cargo em 19 de agosto.

A rescisão foi confirmada aos jornalistas pelo presidente da FVF, Jorge Giménez, durante numa conferência de imprensa transmitida pela plataforma de vídeos ‘online’ Youtube.

Giménez disse que a FVF falou com Peseiro e tentou explicar que para os venezuelanos era bastante difícil entender a posição do selecionador, devido ao apuramento para o Mundial do Qatar2022, com jogos com a Argentina, o Peru e o Paraguai.

José Peseiro foi confirmado como selecionador da ‘la Vinotinto’, em 04 de fevereiro de 2020, em substituição do venezuelano Rafael Dudamel.

Em 24 de agosto, a nova direção da FVF anunciou, em comunicado, a nomeação do treinador local Leonardo Alberto González como selecionador interino da Vintotinto, equipa na qual jogou.

Leonardo Alberto González, de 49 anos, é natural de Trujillo (Venezuela) e diretor técnico da equipa venezuelana Desportivo de Lara.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here