Festival Bairro da Música propõe 10 concertos em 10 cidades

Os bilhetes para os concertos já estão à venda nas respectivas salas e on-line

0
25

Nota de Imprensa

De 1 de Outubro a 5 de Novembro, o Festival Bairro da Música vai comemorar o Dia Mundial da Música com 10 concertos em 10 salas de espectáculo de Portugal continental e ilhas. Em palco, os artistas representados pela agência e produtora Bairro da Música, nomeadamente: Blind Zero, Hugo Negrelli, Joana Alegre, Jorge Palma, Pedro Moutinho, Rui David, Teresa Salgueiro, The Happy Mess, Vicente Palma e Zeca Medeiros.

Com o objectivo de proporcionar o reencontro dos seus artistas com o respectivo público e, juntos, celebrarem a música depois deste ano e meio tão atípico, o Festival Bairro da Música arranca dia 1 de Outubro com Jorge Palma no Teatro Municipal de Ourém, seguindo-se Pedro Moutinho, dia 2, no Teatro Bernardim Ribeiro em Estremoz; Vicente Palma (com a convidada especial emmy Curl), a 3 de Outubro, no Centro Cultural Malaposta em Odivelas; Blind Zero, a 9, no Espaço Vita em Braga; Zeca Medeiros, também a 9, no Coliseu Micaelense em Ponta Delgada; Rui David, a 24, no Auditório CCOP no Porto; The Happy Mess, a 25, no Teatro Maria Matos em Lisboa; Hugo Negrelli, a 29, na Casa da Música Francisco Alves Gato em Mafra; Joana Alegre, a 30, no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra; e Teresa Salgueiro, dia 5 de Novembro, no Teatro Académico Gil Vicente em Coimbra.

Os bilhetes para os concertos do Festival Bairro da Música já estão à venda nas respectivas salas e on-line. Consulte toda a informação em:

 www.bairrodamusica.pt/festivalbairrodamusica

De referir ainda que este é o mais recente projecto do Bairro da Música que, para além de agenciar e gerir as carreiras de vários artistas e bandas nacionais de relevo, tem também, ao longo dos seus sete anos de actividade, produzido uma série de espectáculos num vasto universo de auditórios e salas nacionais. A título de exemplo: “SÓ – 25 anos” de Jorge Palma; “Jorge Palma & Orquestra Clássica do Centro – 45 anos de Carreira” ao vivo nos Coliseus de Lisboa e Porto; “Juntos – Jorge Palma & Sérgio Godinho” que percorreu quase todas as principais salas do país; “Contraluz”, de Rui David; “Often Trees” dos Blind Zero; “Amália e os Poetas” de Pedro Moutinho; e ainda, “As Canções de Leonard Cohen”, projecto que contou com a chancela da Embaixada do Canadá em Portugal, com o intuito de homenagear o artista canadiano após o seu falecimento, e que contou com as participações de Mazgani, Márcia, Miguel Guedes, Samuel Úria, David Fonseca e Jorge Palma.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here