Grupo ‘Las Brujas y Zuzon’ encheu os jardins do Consulado em Valência

As peças de Miguel Campos encontram-se expostas na sede consular lusitana.

0
913

O concerto realizado no Consulado Geral de Portugal em Valência, interpretado pelo grupo ‘Las Brujas y Zuzón’, da Universidade de Carabobo, encheu os jardins da sede de serviços lusos no passado dia 9.

O cônsul geral de Portugal em Valência, João Brito Câmara, deu as boas vindas aos presentes e convidou-os a desfrutar da música. A ocasião serviu para felicitar os dois conselheiros que foram eleitos pela jurisdição consular do ocidente da Venezuela, Fátima Pontes e Leonel Moniz.

‘Las Bujas y Zuzón’, grupo dirigido por Lucia Montanari Mura, iniciou o seu concerto com ‘Vengo a ofrecerte’, ‘Lagrimas Negras’, ‘Guitarra y Bongó’, ‘Coímbra’, ‘Samba pa Ti’, e depois de oferecer um repertório de 16 canções, encerrou com a canção ‘Era tan solo una Mujer’, recordada por obter o terceiro lugar no Primeiro Festival da Canção do Emigrante, celebrado em Trancoso, Portugal, em 1984, e interpretada por Fátima Pontes. Neste concerto, foi cantada por Lucia Montanari, autora da letra e música.

De seguida, Brito Câmara convidou aos presentes a assistir à inauguração da exposição ‘Por Amor al Arte’, do artista Miguel Campos Moreno, dedicado a realismo, com os seus óleos a serem expostos em galerias fora do pais, e ao um brinde oferecido pelos industriais da região.

.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here