Iniciada construção do Santuário da Virgem de Fátima em Cumaná

A comunidade lusitana radicada no Estado de Sucre dispõe de mais uma motivo para unir-se e celebrar

0
853

A comunidade lusitana radicada no Estado de Sucre dispõe de mais uma motivo para unir-se e celebrar. Durante o passado, domingo, 12 de Outubro, decorreu a cerimónia de colocação da primeira pedra para a construção do Centro Pastoral Nossa Senhora de Fátima, na localidade de Los Chaimas, cidade de Cumaná.

O acto contou com a presença do Secretário Geral de Governo de Sucre, Abraham Toro, em representação do Governador Luis Acuña Cedeño, assim como do Cônsul Geral de Portugal em Caracas, Luis Manuel De Alburquerque Veloso, que assim se associaram aos membros da Fundação Nossa Senhora de Fátima e demais autoridades regionais.

Durante a jornada, foram realizados actos para celebrar a cultura de ambos os países, num ambiente festivo onde não faltou a venda de comidas e bebidas típicas.

Toro declarou que o executivo regional do Estado de Sucre valoriza o apoio dado pelos portugueses a Bolívar desde a época independentista. “Hoje já são muitos os anos que a comunidade portuguesa, juntamente com os conselhos comunais e os habitantes do sector Los Chaimas e El Barbudo vêm trabalhando por este centro de encontro espiritual para os devotos de Nossa Senhora de Fátima. Por isso estamos comprometidos para o tornar realidade”.

Por seu turno, o Cônsul Geral agradeceu o apoio disponibilizado pelo Estado venezuelano, através do Governo Bolivariano, a nível nacional e regional, para a execução destas obras que são de grande importância para os cristãos católicos devotos de Nossa Senhora de Fátima, em especial para os portugueses que chegaram à Venezuela para a fazer sua segunda pátria. “Espero que quando a construção esteja já terminada, ser convidado para a primeira missa que se celebre aqui”, pediu Albuquerque.

Após a missa, os membros da Fundação manifestaram a sua satisfação pelo feito agora alcançado e aplaudiram as propostas do executivo em prol do benefício da comunidade católica do sector. O seu director, Cándido Rodríguez, expressou que com os esforços das partes envolvidas estima-se que, já em Dezembro, esteja colocada toda a base de cimento.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here