Joana Alegre edita «Caçula»

Joana Alegre edita o segundo single do seu novo álbum. Sobre este novo tema, «Caçula», a artista diz ser uma viagem ao tempo de ser criança, e acrescenta: ca·çu·la do quimbundo kasule, filho último, derradeiro, o último da família.

“A canção “Caçula” foi a forma que encontrei de me devolver a uma infância essencial, numa viagem ao tempo de ser criança, essa condição maior onde cabe tudo o que somos de mais puro e verdadeiro. Lembro-me de um tempo de mimosas e amoras, papoilas e achigãs/ Corria pelo campo de sobreiros e raposas, era maria-rapaz” disse a cantora.

“Voltei  a estas memórias numa canção quando precisei de reencontrar o “fio à meada”, e achei esta “Caçula de alma desgarrada”. Deu-me a mão e mostrou-me esse caminho onde moram as coisas sem idade e a própria Liberdade. Porque podemos ser caçulas e crianças pela vida fora. Espero que mais caçulas se revejam e gostem!” explicou Joana Alegre.

Este segundo lançamento desvenda um pouco mais do que aí vem. O novo álbum de Joana Alegre, com produção de Luísa Sobral, tem data de lançamento prevista para depois do verão.