João Vieira Pinto pede mais respeito por Éder

0
1114

Lusa.- O diretor da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) João Vieira Pinto pediu hoje respeito para com o avançado da seleção Éder, depois de ter sido apupado no jogo com a Bélgica, destacando que o futebolista estava a representar Portugal.

À margem da apresentação de um programa de educação e formação promovido pelo Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, o diretor da federação, questionado sobre se existe uma campanha para levar Renato Sanches à seleção, disse que todos os jogadores são protegidos, mostrando-se incomodado com a reação do público ao avançado Eder.

«A Federação respeita todos os jogadores, sem nomes, um jogador selecionável para cada uma das nossas seleções é sempre respeitado e protegido, essa é a nossa preocupação. Falou-me no Renato Sanches, eu podia abordar um que particularmente me incomodou que foi a reação ao Éder. Como ex-jogador de futebol acho que o devíamos respeitar mais, independentemente se gostamos ou não da qualidade deste ou aquele atleta», vincou.

João Vieira Pinto continuou e pediu serenidade, salientando que se Éder está na seleção é porque «o selecionador vê nele qualidades».

«O Éder estava a representar o nosso país acho que merecia mais respeito e se está na seleção é porque o selecionador vê nele qualidades. Espero que haja mais serenidade na comunicação social, o Fernando Santos terá de escolher, será uma decisão difícil para ele, à FPF compete proteger os jogadores que vão representar o país», afirmou.

Sobre os jogos com a Bulgária e a Bélgica, João Pinto destacou a vitória frente à Bélgica, uma «potência do futebol mundial».

«A derrota com a Bulgária foi atípica mas já passou, já foi falado, e a verdade é que o jogo com a Bélgica já correu melhor. Ganhámos a uma potência do futebol mundial, já houve coisas muito boas, há sempre coisas a melhorar, mas o trabalho está ser bem feito, toda a gente acredita. Era importante transmitirmos ao público português que pode contar com a seleção, da nossa parte tudo faremos para a conquista do troféu e para representar da melhor forma o nosso país», disse.

João Pinto realçou que o mês de março é muito importante, destacando os objetivos atingidos pelas seleções, para além da inauguração da casa do futebol.

«Este mês é muito importante porque fomos apurados nos sub-17 e sub-19 para o campeonato da Europa, no futsal ganhámos o primeiro jogo do ‘play-off’, os sub-21 já não perdem há imenso tempo, há boas perspetivas para seleção olímpica, a principal está no campeonato da Europa e no dia de aniversário da FPF vamos inaugurar aquele que é o sonho de todas as pessoas que gostam de futebol, em particular os atletas que há muito desejam que este dia chegue. A cidade do futebol vai ajudar a promover não só o futebol português como ajudar os nossos atletas criando melhores condições para que Portugal seja cada vez melhor», concluiu.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here