‘Justin Bieber’ venezuelano tem raízes madeirenses

Vedeta da música venezuelana tem raízes madeirenses, tendo familiares na Ponta do Sol, Ribeira Brava e Funchal

0
1144

João Filipe Pestana / DN MADEIRA

É uma das maiores sensações do momento na Venezuela, com enorme exposição mediática junto do público jovem, sobretudo do feminino. Chama-se Jonathan Moly e apesar de muito jovem é já um cantor internacional multipremiado, considerado pela crítica como o ‘Justin Bieber’ venezuelano, sobretudo por ser um fenómeno nas ‘redes sociais’ latinas.

Jonathan Moly esteve na Madeira recentemente, onde deu um espectáculo, na noite do próximo de sábado, 19 de Dezembro, na Cantina El Mexicano, no Centromar, no Funchal.

O que poucos sabem é que esta vedeta da música venezuelana tem raízes madeirenses, tendo familiares na Ponta do Sol, Ribeira Brava e Funchal. Aliás, a família directa de Jonathan Moly está ligada, na Madeira, à área da hoteleira, sendo responsável por uma unidade de turismo localizada nas imediações da Quinta Vigia, sede da presidência do Governo Regional. De resto, a família preza a sua privacidade, com todo o direito, como é óbvio.

De resto, o jovem artista de 22 anos, de nome completo Jonathan Miguel Moly Calero, nasceu em Caracas, em 1993. É filho da ex-Miss Venezuela e actriz Inés María Calero e do famoso cantor e produtor musical Miguel Moly, uma enorme referência artística naquele país.

Com apenas 4 anos, Jonathan gravou a música ‘Eres tú’, com o apoio do pai. Mais tarde aprendeu a tocar piano e violão, além de ter estudado composição. Aos 13 anos gravou a primeira produção musical como solista e em Junho de 2007 lançou a primeira música da sua autoria, ‘Mi mejor amiga’. Actualmente explora musicalmente o género musical tropical pop, aliando o rock/pop à salsa latina. São dele êxitos como ‘Una Bendición’, ‘Déjate Llevar’, ‘Piensa em Mi’ e muitos mais.

Marc Anthony, Usher, Maroon 5 e Bruno Mars são alguns dos artistas/grupos que tem como referência.

Costuma ser presença assídua em programas de televisão e desdobra-se em concertos na Venezuela e em Miami, onde reside uma assinalável comunidade venezuelana.

 

Réveillon no Mexicano com Jonathan Moly

A duas semanas do final do ano, a Cantina El Mexicano, no Centromar, revela as propostas de animação para a noite mais longa do ano, ou seja, para o ‘réveillon’. Conforme revela João Jesus, responsável pelo espaço, a Cantina El Mexicano contará, na passagem do ano, com a actuação da estrela venezuelana Jonathan Moly. Depois do espectáculo de fogo-de-artifício no Funchal, as portas abrem à meia-noite e meia e além de Jonathan Moly, haverá o concerto do conhecido músico e cantor madeirense Ruben Aguiar. Já a selecção musical será do DJ/KJ Carlos Gomes. À semelhança de anos anteriores, a Cantina El Mexicano, também conhecida por ser um espaço de restauração, vai oferecer a tradicional canja, além de sandes.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here