La Vida Bohème apresentou-se pala primeira vez em Espanha

A banda adiantou aos seus fãs um pouco do que será o seu disco que será lançado a meio do ano

0
636

Ommyra Moreno Suárez

O grupo caraquenho La Vida Bohème, constituído pelo Lusodescendente – constituído por Daniel de Sousa (guitarra elétrica), Henry D’Arthenay (voz), Sebastián Ayala (bateria) e Rafael Pérez (baixo) – apresentou-se pela primeira vez em Espanha no dia 6 de maio em Madrid e a 7 de maio em Barcelona. Depois de seis anos do seu primeiro álbum de estreia, adiantou aos seus fãs um pouco do que será o seu terceiro disco, que será lançado a meio do ano.

O quarteto de rock voltou a terras venezuelanas no passado mês de abril, quando realizaram um concerto para os fãs na Quinta Bar de las Mercedes. Há alguns meses, a banda mudou-se para a cidade de San Juan de Puerto Rico, mais propriamente no mês de março, onde gravaram, pela mão do produtor Eduardo Cabra, Visitante-Calle 13, este esperado disco que atualmente está num num processo de mistura na cidade de Nova York, a cargo do venezuelano Héctor Castillo.

A banda, vencedora de dois Garmmy’s Latinos (Melhor Álbum Rock por “SERÁ”  e Melhor Vídeo Musical Versão Corta do tema “Flamingo”), espera fazer uma ronda pela Venezuela no segundo semestre do ano. No que se refere ao disco, D’Arthenay assinalou: «As palavras já não fazem justiça ao “sancocho tecnicolor” que acabamos de lhes cozinhar. Em Puerto Rico, acabam de dar-se os primeiros passos de uma conspiração sonora que não podemos esperar que escutem». Recorde-se que o grupo La Vida Bohème, a residir no México, ganhou o Festival Bandas 2008 e, desde então, têm publicado os discos Nuestra (2010) e Será (2013), construindo uma carreira nacional e internacional.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here