Lacava é reforço para as seis finais

0
84

Lacava, extremo venezuelano de 19 anos que chegou a Tondela para fazer esquecer o compatriota Jhon Murillo, que se transferiu para o México, fez a estreia  frente ao Marítimo, na jornada transata, e deixou indicações positivas.

É verdade que o reforço de inverno entrou já na compensação, mas a oportunidade concedida por Nuno Campos mostra que há que contar com ele para a ponta final da Liga, onde os beirões vão disputar seis finais na luta pela manutenção. Passados dois meses no clube, Lacava já está adaptado à nova realidade e pode constituir importante trunfo.

O Tondela oficializou a contratação de Matías Lacava no mês de fevereiro, neste que é um regresso do jogador venezuelano a Portugal. Segundo a nota de imprensa, «o extremo venezuelano, de 19 anos, é internacional jovem pela Vinotinto e passa, a partir de agora, a ser mais uma opção para o treinador» do Tondela, Pako Ayestarán.

Em 2018/19, o extremo alinhou nos juvenis do Benfica. Agora, chega aos beirões por empréstimo da Academia Puerto Cabello até ao fim da época. Na última época, Lacava, que passou pela formação do Barcelona, esteve cedido aos brasileiros do Santos.

Lacava assumiu que a conversa com um compatriota foi decisiva para aceitar o convite dos beirões. «Tive uma curta passagem pelo Benfica, mas ajudou-me a adaptar-me ao país e a conhecer melhor o campeonato. Estou feliz com este novo desafio na minha carreira. Pelo Tondela passou um grande companheiro meu e quando falei com ele disse-me muito bem do clube. Venho para ajudar e evoluir. O Jhon Murrilo disse-me que a equipa é excelente e que as pessoas são muito boas. Estou ansioso por começar e por triunfar aqui. Acredito que este é o clube onde posso mostrar o meu potencial», explicou.

O contrato de Matías Lacava com o Santos tinha validade até dezembro desse ano, mas a diretoria santista optou por rescindir, em comum acordo com o atacante. Caso tivesse o desejo de permanecer com o jogador, o Santos teria que exercer a opção de compra em novembro, com valor fixado em 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,3 milhões) por parte dos direitos econômicos.

Com apenas 19 anos, Lacava foi uma das apostas da gestão do presidente Andres Rueda. O atacante foi contratado para reforçar a equipe sub-23 do Alvinegro, mas logo foi promovido e passou a atuar com os profissionais. Entretanto, o venezuelano disputou apenas duas partidas pelo clube, nos duelos contra Atlético-GO e Internacional, pela última edição do Brasileirão.

Em comunicado oficial, o Santos justificou a rescisão por uma decisão do departamento de futebol do clube em de apostar na nova safra de atletas que atuaram na Copa São Paulo e desejou sorte ao atleta.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here