Lavrov em Caracas para aprofundar cooperação bilateral entre Rússia e Venezuela

0
64

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, iniciou hoje uma visita oficial de três dias à Venezuela, com o propósito de reforçar a cooperação bilateral e tentar minimizar o efeito das sanções internacionais impostas a Caracas.

A chegada do ministro russo ao Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía (norte de Caracas) foi confirmada pelo seu homólogo venezuelano, Ivan Gil. A receber Lavrov esteve presente o embaixador da Federação da Rússia na Venezuela, Serguei Mélik-Bagdasárov.

“Este novo encontro irá reforçar a amizade, a solidariedade e a cooperação entre as nossas nações, que contam com uma longa história de aliança e irmandade perante as adversidades”, afirmou Ivan Gil na rede social X (antigo Twitter).

À chegada a Caracas, Lavrov e o seu homólogo venezuelano encontraram-se com a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodriguez.

Nas primeiras horas na capital venezuelana, Serguei Lavrov participou na cerimónia de inauguração do busto de Aleksandr Pushkin, poeta e romancista russo considerado o fundador da literatura russa moderna, no Parque Ezequiel Zamora (no centro de Caracas).

Segundo as autoridades locais, a estátua de Pushkin representa “um símbolo da profunda amizade” entre os dois países, bem como é um sinal “da admiração pela grande contribuição cultural da Rússia para a humanidade”.

As mesmas fontes indicaram que o ministro russo, que chegou a Caracas procedente de Cuba, irá reunir-se com o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e com diversas autoridades locais, “para abordar a cooperação entre as duas nações e a geopolítica mundial”.

Durante a visita, vão ser “debatidas questões-chave da cooperação e interação bilateral no âmbito internacional e face a atual situação regional e mundial”, referiu, por sua vez, o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

A imprensa venezuelana avançou que está prevista a assinatura de um acordo de cooperação para minimizar os efeitos das sanções internacionais impostas à Venezuela.

Após esta passagem por Caracas, Lavrov deverá deslocar-se ao Brasil.

Moscovo e Caracas mantêm uma agenda ativa de cooperação bilateral em áreas que a Venezuela aponta como estratégicas, como energia, finanças, técnico-militar, transportes, turismo, agricultura, alimentação, entre outras.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here