Lusodescendente retrata “memórias escondidas” pelo Alzheimer

0
52

Abriu hoje ao público do Museu Municipal de Cartago, na Costa Rica, a exposição intitulada ‘Alzheimer: As memórias escondidas’, da autoria de Heriberto Gomes, filho de emigrantes madeirenses.

Este é o mais recente trabalho do lusovenezuelano, que procura consciencializar a sociedade sobre como é viver e cuidar de quem com Alzheimer.

Recorde-se que Heriberto Gomes esteve recentemente na Região, tendo ‘imortalizado’ os passos de transeuntes da Avenida Arrigada, no Funchal, no âmbito do seu projeto ‘The Immortality of the moment’, o qual passou também por cidades como Hollywood, Nova Iorque, Lyon, Madrid, Barcelona e Lisboa.

Agora, é na Costa Rica, país no qual vive há 14 anos, que o lusodescendente continua a firmar passo no mundo das artes plásticas, desta vez com um trabalho que se debruça sobre esta doença neurodegenerativa, acerca da qual passou mais de um ano a investigar.

Visitar esta exposição é, por isso, uma viagem íntima e simbólica pelos sentimentos vivenciados no dia-a-dia pelos doentes de Alzheimer, em que o espetador é convidado a deambular pelos labirintos, vazios e brechas na história de uma vida que esta doença luta para apagar.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here