Maduro apela à denúncia de abusos policiais

0
45

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apelou no sábado às forças de segurança e à população que denunciem as extorsões e os “abusos” policiais e dos direitos humanos no país.

“Faço um apelo ao poder popular venezuelano e, em geral, a todas as instituições do Estado, governações e câmara municipais, a que nos empenhemos em denunciar os abusos policiais, venham eles de onde vierem, a ‘matraca’ [extorquir dinheiro para evitar uma multa], os abusos dos direitos humanos e tudo o que está mal feito”, disse.

Nicolás Maduro falava durante um ato que assinalou o Dia Nacional do Polícia na Venezuela, transmitido pela televisão estatal venezuelana.

O apelo do Presidente tem lugar quando as redes sociais dão conta de alegados abusos policiais cometidos contra a população, em particular de fiscais de trânsito e funcionários da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) que em “operações stop” exigem injustificadamente dinheiro à população para omitir multas ou para evitar a retenção de viaturas.

“Senhor ministro do Interior, Justiça e Paz, almirante-chefe Remígio Ceballos Ichaso, apelo ao revolucionar do sistema nacional de polícias”, frisou o governante que instou a consolidar uma nova polícia, através de uma educação que eleve os seus valores morais em sintonia com o povo.

Por outro lado, agradeceu a vários organismos e profissionais pela valentia de arriscarem as suas vidas para garantir ao povo o direito fundamental à segurança.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here